Um ano sem Renner…

Dia 3/365

Sim, um ano sem Renner, sem C&A, sem Forever 21, sem Marisa, Zara, Luigi Bertolli, TNG…

Parafraseando a publicitária Jojo, autora do Blog “Um ano sem Zara”, este post vai contar um pouco da experiência dolorosa que vivi neste domingo (10/9), ao entrar na Renner para pagar a fatura (o valor total) do mês de setembro. E, desta vez, entrar na loja doeu. Na verdade, sair dela sem sacola alguma foi que doeu.

A loja está cheinha de novidades da moda Primavera/Verão mas, desta vez, andei entre as araras e fui me despedindo mentalmente das blusinhas, das calças, saias, jaquetas, bolsas, sapatos, biquínis, vestidos, lingeries… Ainda tenho fatura que está na parcela 2/5, ou seja, terei que entrar lá por, pelo menos, mais três meses. Espero que a tortura vá diminuindo mês a mês.

Este “Um ano sem Renner” aqui não é só uma metonímia para representar todas as lojas que deixarão de ver o meu querido cartão, mas, também para me despedir desta, em especial, que fazia a minha alegria.

Sim, a Renner era a minha diversão, meu psicanalista, meu chocolate na TPM. Eu era feliz lá dentro, realmente. Mesmo se entrasse para comprar apenas uma blusinha, mas eu e você sabemos que não era bem assim. Quando entrava sempre saía com as sacola cheia, com quatro ou cinco peças… E mais cinco parcelas (pois a partir da sexta parcela tem juros) no cartão da loja.

Então, querida Renner, Marisa, C&A, Forever 21, TNG, Luigi Bertolli, até 2018. Eu me despeço, mas sei que apesar de me encaminharem faturas, elas nem me conhecem, só sabem meu endereço e o número do meu cartão… Apesar de sempre dizerem o quanto somos importantes, elas só se interessam por nós, enquanto estamos lá dentro, gastando e se endividando.

Então, que venha este um ano de desprendimento, com muita força de vontade e com muita fé. Um ano de poupança para quem sabe fazer uma viagem internacional ou dar entrada na compra de um apartamento.

E, focada nisso – em pensar lá na frente e projetar um futuro melhor – é que espero que as experiências dolorosas possam diminuir com o tempo.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s