Economia na diversão

Dia 17/365:

Estou na Rodoviária de Jundiaí esperando a Renata e a Mariana para o segundo show do fim de semana: hoje tem Aerosmith. Outro sonho que estou realizando.

E como é bom realizar sonhos. Como é bom poder vivê-los em toda a sua plenitude. Ontem descobri que a gente não precisa se acabar de gastar, mesmo enquanto está se divertindo.

Cheguei em São Paulo e fui almoçar, pra não precisar ficar gastando dentro do estádio. Lá tudo inflacionado: 10,00 era o valor base para pipoca e refrigerante, os lanches estavam mais caros (mas nem sei o valor). Tinha sorvete também e cerveja (mas esta última nem me interessou, não bebo).

Como tinha almoçado, me aguentei bem com um sorvete de 8,00 e uma água que o meu amigo pagou (encontrar este amigo foi providencial para este show): Praia Filho, valeu a força!

E vamos pra mais um show. Hoje estou levando um pacote de bolachas e outras guloseimas que tinha em casa, ou seja, mais economia. E que Deus NOS ajude!

Foto: Fabio Tito G1

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s