Já ouviu falar da fórmula 50/20/30?

Dia 36/365:

Hoje ouvi falar de uma fórmula que pode nos ajudar a planejar o orçamento mensal. É conhecida como a regra de ouro das finanças pessoais. Como a gente não sabia disso ainda? hehe Pode até parecer óbvio estas informações, mas para mim fez todo o sentido agora.

Muita coisa poderia ter sido evitada se eu soubesse desta regra antes heheh Ou melhor, se tivesse sabido e colocado em prática né? Não adianta a gente aprender alguma coisa e não trazer pra nossa vida.

Para fazer com que nossas despesas caibam no nosso orçamento mensal, é preciso planejamento. Então, a regra dos 50/20/30 chegou num bom momento. E, para aprender direitinho, vamos fazer uma simulação com um salário de R$ 1.200,00. Destes, R$ 200 foram para os impostos (ah, o governo, esse danadinho heheh). Do valor líquido (R$1.000,00), R$500,00 vão para os gastos essenciais ou despesas fixas; R$200,00 vão para a reserva mensal e os R$300,00 para as alegrias da nossa vida: passeio, compras, diversão… Viu, é bem fácil, não? Nem tanto, eu sei! Mas vamos conseguir!

Os R$ 500,00, ou seja, metade da sua renda líquida, você deve usar para os gastos com a casa, contas de água, luz, telefone, internet, aluguel, condomínio, combustível ou transporte público, compras no supermercado… Nossa, parece que não vai dar, né? Mas tem que dar heheh Se você está gastando além disso, precisa rever os valores: trocar de operadora de telefone móvel, por exemplo, pode te render economia. Verifique com as operadoras e veja qual oferece as melhores vantagens com a menor mensalidade. Eu fiz isso e reduzi em 50% os gastos com o celular.

Os 20%, ou seja, os R$ 200,00 da nossa receita fictícia, deve ir para a poupança. Lembra do Colchão Financeiro? A gente falou dele em setembro, durante o curso de Reeducação Financeira do Pedro Braggio. Lembrou? Então, a poupança vai ser a nossa reserva de emergência. Aquela que você vai guardar até atingir, pelo menos uns três meses do seu salário atual.

Os últimos 30% são os mais divertidos hehehe Os 30% da nossa renda fictícia, ou seja, R$ 300,00, vão para os nossos gastos variáveis. E, desta porcentagem, devo confessar que ainda mantenho o cineminha, a sobrancelha e unha (não sei fazer sozinha, não adianta), almoços fora de casa (aqueles com os amigos, pra botar a fofoca em dia). Eu não posso, mas você pode incluir nestes 30% a compra de roupas novas, bolsas, sapatos, acessórios, maquiagem… Ai, ai… isso não me pertence mais! Passou! hehe

Apesar de ser conhecida como uma regra de ouro, ou seja, uma regra que os educadores financeiros garantem sucesso na aplicação, não é uma regra fechada. Você pode adaptá-la ao seu estilo de vida, mantendo, claro, a consciência sobre seus gastos e sobre o fato de que a poupança é fundamental para que este planejamento todo renda bons frutos no futuro!

E vamos conseguir! E que Deus continue NOS ajudando… 😉

Um comentário sobre “Já ouviu falar da fórmula 50/20/30?

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.