Vem aí, o 13º salário

Dia 61/365:

Agora que você já está preparado para a Black Friday, o ‘Obrigada, estou apenas olhando’ vai falar de Natal, sem dúvida, a data mais importante para o comércio, não só no Brasil, como no mundo. O Natal consegue movimentar todos os setores – vestuário, perfumes, brinquedos, eletrodomésticos, móveis, equipamentos eletrônicos, alimentos, cosméticos, flores e até lembrancinhas… Eu vou atacar de lembrancinhas este ano heheh

Como a diversidade de segmentos é grande, todos os setores acabam se beneficiando. E, para a economia, isso é muito bom: todos crescem e têm lucro! É uma época tão fantástica que faz a roda da economia girar como um todo: a indústria contrata mais pessoas para produzir os produtos que serão vendidos nas lojas, que por sua vez, contratam mais vendedores para atender a demanda de público e os horários estendidos, principalmente, nas regiões centrais das cidades. Na sua cidade, o comércio na região central ainda abre até às 10 da noite? Aqui em Jundiaí/SP, abre!

Sem contar o 13º salário que injeta, já no final de novembro, bilhões de Reais na economia brasileira. E é aí que começa o problema. Os mais precavidos e conscientes guardam essa parte para as despesas de início de ano com IPTU, IPVA, material escolar das crianças e matrícula nas escolas. Esta é uma ótima ideia, por sinal: poupar!

Mas há quem aproveite o salário extra para as compras de Natal, o que também pode ser uma boa! Você antecipa as compras e evita a multidão nas lojas às vésperas das comemorações. Sem contar que, como as lojas não estão lotadas, AINDA, é possível encontrar uma variedade maior de cores, modelos e tamanhos (no caso de roupas e sapatos).  É possível também negociar melhor os valores, ganhar desconto, comprar à vista ou pagar no cartão em parcela única.

Lembrando do que falamos ontem, que, ao antecipar as compras para novembro, você consegue pagar o cartão em dezembro (com a segunda parcela do 13º salário) e não vai pesar no bolso.  O educador financeiro, Pedro Braggio, aconselha você a planejar. “Antes de definir quanto vai gastar com os presentes de fim de ano, a pessoa precisa saber se pode gastar, se pode se comprometer com esta despesa”, alerta.

É gente, não adianta ficar bem com todo mundo, presenteando amigos, parentes, vizinhos, pessoal da academia, os vários crush, se enforcar e carregar uma dívida até julho de 2018. Olha lá hein…

Braggio orienta que depois que você definir que pode comprar os presentes, faça uma lista de todas as pessoas que serão presenteadas, estabeleça valores para cada presente e siga à risca o que foi estipulado. “Se a pessoa não tiver controle sobre o que definiu para gastar, ela se perde e o dinheiro vai embora”, aconselha.

Ah, outra vantagem de antecipar as compras é que você tem mais tempo para pesquisar. As compras feitas aos 45 min. do segundo tempo, normalmente, sairão mais caras. Eu ainda não sei como vou fazer, lembrando que sou profissional autônoma e não tenho 13º salário. Minha situação tá bem pior que a sua né? Já percebeu heheh

Mas vai dar tudo certo. Deus está no controle! Eu acredito que Ele vai continuar NOS inspirando e providenciando TUDO que precisamos: seja novos clientes, aumento de salário e até dando aquele puxãozinho de orelha, básico, para nos alertar de que estamos gastando demais! Eu entendi o meu puxão de orelha e você? 😉

 

Um comentário sobre “Vem aí, o 13º salário

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s