Fuja dos cartões das lojas

Dia 74/365:

Lembra quando fui entrevistada pela TV Educativa de Jundiaí e o repórter quebrou o meu cartão? Melhor coisa que ele poderia ter feito para a minha saúde financeira! Doeu, fiquei com dó do bichinho, mas foi melhor assim… heheh

Na semana passada, o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) divulgou um estudo realizado em todas as capitais que mostrar que os cartões de loja e os empréstimos são os principais causadores da inadimplência dos brasileiros. A gente já falou de empréstimos e do perigo de endividar os seus avós né (não faça isso!), mas a história dos cartões de loja me chamou a atenção…

Eu tinha dois cartões de loja e um de crédito. Até o repórter brincou comigo achando que eu tinha uns 15 cartões e estava perdida na vida. Perdida eu estava, mas agora me encontrei heheh Graças a Deus! Agora, só tenho um cartão de loja, cuja última fatura pago em janeiro e depois disso, vou quebrar também. É que não dá pra pagar a fatura sem o bendito cartão. A loja do cartão quebrado me permite pagar no banco a fatura, ainda bem né? E bem melhor assim, pois, evito a tentação… hehe

Mas os números do SPC assustam: em cada dez inadimplentes que possuem cartões de loja, oito (80%) se encontram em atraso com as faturas. 😮 Do ano passado pra cá, esse percentual era menor: em 2016 esses números estavam em 73%. Atrasar a gente sempre atrasa os pagamentos, mas nunca deixei uma fatura sem pagar. E apesar disso, sei bem porque a gente se enrola com os cartões das lojas:

1º) A gente pensa que não é cartão de crédito. Fala a verdade. No curso de Reeducação Financeira, quando o Pedro Braggio perguntou quantos cartões de crédito os alunos tinham, eu respondi toda orgulhosa “apenas 1”. Ledo engano. Eu tinha três, pois, dois eram de lojas. E eu nem considerava esses cartões como de crédito.

2º) Quando a gente entra na loja e vê uma blusa por R$ 89,90 pode achar até caro. Mas se na arara estiver escrito 5 x R$ 17,98, a gente já acha que é possível pagar e até esquece o valor total e lá vai passar no cartão da loja. Não é assim?

Ah, gente, entendo tanto esta situação, pois eu padecia deste mal. Outro vilão divulgado pelo SPC Brasil é o Cartão de Crédito, 65% dos entrevistados ou deixam de pagar a fatura ou entram no rotativo. Não faça isso também. Não pague o mínimo da fatura, pois você rola a dívida como uma bola de neve que nunca terá fim… Cuidado.

Depois que quitar as faturas que tenho a vencer dos cartões das lojas, vou até lá para cancelá-los. Já fui verificar e as duas lojas que tenho cartão aceitam o cartão de crédito do banco, apenas autorizam um parcelamento menor. Ao invés de 5 (sem juros) ou 8 (com juros), no cartão de crédito do banco, podemos parcelar em até três. O que vai aumentar o valor de cada parcela e ajudar a rever a compra hehehe

Tá vendo, gente, o universo conspira para que a gente não gaste, ou no mínimo, compre com mais consciência. Tá doendo, tá! Mas vai valer a pena. Está valendo, na verdade, só ver o meu colchão financeiro sendo recheado, já fico feliz!  E que Deus continue NOS inspirando e NOS orientando sobre os nossos direitos, mas, principalmente, NOS lembrando dos nossos deveres. 😉

 

2 comentários sobre “Fuja dos cartões das lojas

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.