Vou ter uma conversinha com o gerente do banco

Dia 131/365:

Depois de ler este texto, você também vai querer ter uma conversinha com o gerente da sua conta no banco heheheh E não pense que estamos semeando a discórdia entre cliente e gerente, hein… heheh Estamos abrindo os teus olhos.

O ‘Obrigada, estou apenas olhando’ conseguiu, com exclusividade, uma entrevista com João Antônio C. Motta, advogado, especialista em Obrigações e Contratos, com ênfase em Direito Bancário, Econômico e do Consumidor.  Sim, isso vai nos ajudar bastante. Ele fez muitas revelações que vão deixar você de queixo caído, como eu fiquei.

Quem nunca se lamentou sobre as tarifas bancárias e exigências de reciprocidade na compra de seguros, planos de capitalização e outros ‘débitos’ que o banco chama, carinhosamente, de produtos, que atire a primeira pedra. “As pessoas precisam verificar, diariamente, a sua conta-corrente, pois, é bem provável que apareçam débitos sem explicação alguma e se ninguém reclamar, por lá permanecem”, explica João Antonio.

Sempre que o banco te oferecer algum destes ‘produtos’ fique atento para negociar as tarifa da sua cesta de produtos, por exemplo. Se eles gostam de negociar, porque nós não podemos usar este artifício também? “Quando o cliente compra algum produto do banco, certamente está melhorando a rentabilidade dele sobre a administração de sua conta-corrente e, desta forma, é lógico e justo que ele obtenha algum favorecimento nas tarifas”, defende o especialista.

Entre estes produtos que o banco pode te oferecer, não aceite o Título de Capitalização e nós já falamos sobre isso, vocês estão lembrados? Se não, clica aí no link em destaque. Lá tem a explicação do porquê não contratar um título de capitalização do banco: é a maior furada do mundo e você vai perder dinheiro, com certeza.

Espero que você não precise, mas João Antonio alerta que se você precisar fazer um empréstimo no banco, deve tomar alguns cuidados. “Observe o que é cobrado, pois uma norma antiga do Banco Central proíbe terminantemente aos bancos de provocar a elevação direta ou indireta das taxas de juros”, explica. Ou seja, verifique se as taxas e tarifas que você vai pagar estão detalhadamente discriminadas no contrato que você está assinando. “Não espere que o gerente do banco vá trabalhar para você”, reforça.

Essa doeu, né gente? Mas ele tem razão, não trate o gerente do banco como ‘meu gerente’. O especialista orienta a sermos o gerente de nossas próprias contas. Lembre-se que o gerente não é seu, é do banco e, por isso, vai sempre puxar a ‘sardinha’ para o banco e não para você. “O gerente é do banco e está lá para gerir interesses do banqueiro, vendendo os produtos. Qualquer pensamento contrário, transferindo obrigação própria a terceiros, irá gerar prejuízo certo”, alerta. “Leia com atenção e  diariamente seu extrato bancário”, orienta.

Ah, gente, depois dessa, acho melhor a gente ter mesmo uma conversinha com o gerente ‘do banco’! Analisar as tarifas que aparecem no nosso extrato bancário e como fazemos para nos livrar delas, caso sejam além do que contratamos. Tente mesmo negociar a sua cesta de produtos de acordo com o que você usa. Se tiver título de capitalização no seu nome ou no nome de seus filhos, pare os débitos hoje mesmo e saque o dinheiro e deixe numa poupança ou invista em uma corretora de valores. Não invista pelo banco, eles cobram taxas que as corretoras de valores fazem de maneira gratuita.

Tenho certeza de que nada acontece por acaso. E como deixamos Deus no controle de tudo ele vai nos mostrando as melhores oportunidades e as possibilidades de entrevistas que possam nos trazer informações úteis para o nosso propósito. Que este post faça você levantar da cadeira ou do sofá e estreitar o relacionamento com o seu banco, entendendo, exatamente, os seus direitos e o que você não precisa pagar porque não é obrigado.

E daqui, sigo pedindo a Deus que Ele continue NOS orientando e NOS abençoando em todos as áreas das NOSSAS vidas. 😉

Um comentário sobre “Vou ter uma conversinha com o gerente do banco

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s