Construindo sonhos: Casamento (Parte II)

Dia 139/365:

E para continuar com a saga pelos casamentos lindos, mas econômicos, o ‘Obrigada, estou apenas olhando’ vai falar hoje sobre família, amigos e convidados. Acredito que esse seja o item mais doloroso: a lista de convidados.

Este é o item que mais impacta o orçamento do seu casamento. É matemática pura, quanto mais convidados, mais caro! Mas lembre-se, o casamento é seu, mas não é só seu. Claro que a festa tem que ter a cara do casal, mas é de bom tom tentar agradar o máximo de pessoas possível. O segredo é ter opções… de comida, bebida, música…  Mas, fique tranquila se alguém sair reclamando de alguma coisa… heheheh Tem gente que só vai em casamentos pra isso hehehe

Mas voltar para a lista. Muitas vezes, o casal começa fazer uma lista e no final tem lá 300 convidados. Isso me lembra um professor da faculdade. Ele sempre orientava quando íamos fazer alguma apresentação em power point. “Assim que terminar de montar a apresentação, veja quantos slides ela terá. Volte, revise e tire a metade: você consegue dar o recado com a metade dos slides que planejou inicialmente”. Então, acho que esse aprendizado vale pra cá também: reduza, reduza, reduza.

Mas como reduzir, você pode estar pensando… É difícil, eu sei, mas queiram no seu casamento pessoas que têm uma relação emocional com vocês. (Gente, estou falando no plural, por que este é um post pra ler em dupla: você e seu amor heheh). Não convide por convidar. Não convide para ganhar mais presentes hehehehe Em média, os noivos costumam convidar de 100 a 150 pessoas.  Mas, é possível fazer uma linda festa animada mesmo com 50 convidados.

Para reduzir a lista, comece com os convidados obrigatórios: vocês sabem bem quem são e depois vão acrescentando os demais até o orçamento permitir. Essa é uma dica. Eu sei que não vai ser fácil, mas pense no orçamento… Seja prático!

Para diminuir os custos com roupas, evite convidar muitas daminhas e pajens. Se vocês forem casar durante o dia, pode dispensar a presença das crianças. Calma, não sou a exterminadora das daminhas hehehe É que quando você convida, é indelicado não se oferecer para pagar a confecção ou aluguel dos trajes, mesmo porque eles terão que ser confeccionados ou alugados no mesmo lugar em que você alugou o seu vestido. As roupas precisam ter similaridade…

Ah, outra coisa boa que me lembrei e que pode ajudar a economizar. Lembra daquela tradição da noiva usar um item emprestado, alguma coisa azul, algo velho e alguma novo?  Então, aproveite esta tradição e pegue emprestado o máximo de coisas que puder, como, por exemplo, o véu, as jóias, as taças para o brinde… E assim vai conseguindo abater do montante final.

Veja também entre seus amigos ou parentes se alguém conhece fornecedores e poderia solicitar um desconto pra você nos serviços que vai contratar…. Pedir não ofende né? E como diria minha linda mãezinha, “quem não chora, não mama”. Mas evitem delegar tarefas para os parentes e amigos, peça as indicações e corra atrás vocês mesmos.

Ah, gente, esta parte vai ser difícil, vocês terão que ser fortes. Como não convidar quem a gente gosta e quer por perto no nosso Dia D, não é? Mas eu tenho certeza de que vocês vão conseguir. Peçam ajuda de Deus. Façam uma oração, tenho certeza que Ele ouvirá o clamor de vocês e vai orientar como fazer… E peço para que façam isso com a confiança e certeza de que Ele vai continuar NOS abençoando e NOS protegendo em todas as nossas escolhas… 😉

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.