Cadê o dinheiro que estava aqui?

Dia 156/365:

Já vivi isso e ouvi muito das pessoas, principalmente, agora com o ‘Obrigada, estou apenas olhando’ que o salário acaba antes do final do mês. Claro que a gente tem bom humor e leva isso na esportiva, dizendo que o salário dura uns três dias… hehehe  Mas a coisa é séria e uma situação recorrente como esta pode acabar com a vida da pessoa…

Vamos dizer que se você respeitar os limites da sua renda isso não vai acontecer… Mas a gente sabe que é difícil né? Os nossos olhos são grandes, as vitrines tão lindas, ou então, ‘meu filho queria tanto, não tive como negar’… As desculpas variam, mas acabam caindo no mesmo problema: gastar além do que ganha.

Neste tempo, venho aprendendo muito e colocando em prática tudo que escrevo aqui: reserva financeira, anotar os gastos diários, economizar, pedir desconto, pagar à vista… E o maior os aprendizados: um ano sem compras!

Da mesma forma que padrões negativos repetitivos atrapalham a nossa vida financeira, padrões positivos podem ajudar e muito! Por isso, vamos listar alguns erros que percebi, nestes 156 dias:

ERRO 1- COMPRAR POR IMPULSO: o educador financeiro Pedro Braggio, tem um mantra pra descobrir se a compra é por impulso. Sempre que estiver dentro de uma loja, faça a você mesmo a pergunta: ‘eu quero, eu preciso ou estou surtando?’.

Se você precisa, então tá! Pague à vista, peça desconto e vá embora feliz da vida! Se você quer, pare e pense! Avalie se a compra está dentro do seu orçamento, se não vai se endividar para comprar, se tem desconto para pagar à vista, ou caso vá comprar no cartão de crédito, se conseguirá honrar a próximas parcelas. Se a resposta for sim para TODAS as perguntas, vá em frente e boas compras. Agora se você estiver surtando, pare! Saia da loja o mais rápido possível. Você não terá condições de avaliar nada e mesmo que o faça, as respostas irão te beneficiar para conseguir comprar. Melhor fugir enquanto é tempo hehehe

ERRO 2 – GASTOS DESCONHECIDOS: na sua planilha de gastos tem uma linha para ‘outros gastos’? Se tiver, melhor rever essa postura. Essa é uma indicação de que você está gastando além do que devia. Em ‘outros gastos’ ou ‘outras despesas’, normalmente as pessoas colocam aquilo que estão gastando além do orçamento familiar. Ou seja, estão anotando, mas tentando esconder… Bobagem, né, gente?

Acompanhe o orçamento doméstico de perto e detalhe os gastos da melhor forma possível. Só assim você vai conseguir perceber onde está gastando além do que deveria.

ERRO 3 – OSTENTAR E NÃO SEGUIR O SEU PADRÃO DE VIDA: em tempos midiáticos, de Facebook e Instagram, as pessoas gostam de mostrar fotos e mais fotos de viagens, passeios, restaurantes, lojas, festas… Só que para viver tudo o que postam nas redes sociais precisa de dinheiro heheh É preciso se acostumar com o SEU padrão de vida. Não queira viver a vida do amigo, do chefe, do vizinho… Se você não pode comprar algo, visitar um lugar ou ir pra balada hoje, fique tranquilo.

Planeje que em breve você conseguirá. Sou a prova viva de que desta forma tudo se torna possível. Basta tomar a decisão e insistir… Acredite, vai acontecer.

ERRO 4 – NÃO SABER O QUE QUER DA VIDA: você sabe o que quer da sua vida? Já ouviu a famosa frase do desenho animado ‘Alice no país das Maravilhas’? Se você não sabe para onde vai, qualquer caminho serve”. Precisamos tomar cuidado com isso. Pois isso pode nos deixar acomodados e fazer com que nos contentemos com pouco ou com menos do que merecemos.

E pode ser tornar numa crença limitante na sua vida. Por exemplo, pensar que porque seus pais viviam com pouco, não tinham reserva financeira e mesmo assim sustentaram uma família pode te limitar nas coisas que você quer para a sua vida. Não se apegue a padrões. O passado ficou no passado. As experiências dos seus pais são deles. As suas devem ser suas e de mais ninguém.

Minha vida vem se transformando muito. De maio de 2017 para cá, nossa, muita coisa mudou. A vida inteira fui católica e de lá para cá conheci um Deus bem diferente. Consegui estabelecer com ele uma comunhão e uma intimidade que nunca tive na outra religião. Hoje, digo com todas as letras SOU CRISTÃ e tenho muito orgulho disso. Nesse tempo muita gente se afastou de mim, mas conheci muitas outras pessoas que, rapidamente, se tornaram amigas/irmãs… E só tenho a agradecer a Deus por esta oportunidade.

Então, meus amigos, vamos querer mais para as nossas vidas. Vamos aproveitar as boas oportunidades para crescer, expandir, mudar a forma de pensar, superar traumas e encontrar o melhor caminho. Que a prosperidade seja NOSSA companheira em todos os sentidos, em todos os departamentos da nossa vida! Que Deus continue NOS abençoando e NOS protegendo e livrando de TODO o mal! 😉

4 comentários sobre “Cadê o dinheiro que estava aqui?

  1. Susana Martinho disse:

    A Vida é Deus em ação, é o Universo no seu todo, com todos os seus Movimentos! Um Deus algo diferente do da bíblia e aquele em que acredito que iremos começar a acreditar em grande escala! ^_^ E que seja realmente esse Deus que continue orientando as nossas vidas! ❤

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s