E se você perdesse tudo?

Dia 157/365:

O ‘Obrigada, estou apenas olhando’ me faz pensar e vem me fazendo reavaliar minhas atitudes e me tornar uma pessoa melhor a cada dia. De uns tempos pra cá, algumas pessoas se afastaram da minha vida, mas conheci muita gente também e fiz novos amigos…

E em meio a tanta novidade acontecendo, venho percebendo há algum tempo que nossos posts e  nosso bate-papo há muito deixou de ser sobre dinheiro, propriamente dito. Aqui, o dinheiro virou pano de fundo para debatermos sobre novas oportunidades, novos caminhos, mudança de atitude, ou seja, sobre conversão…

Não de uma forma religiosa (apesar de ter aceitado a conversão em maio de 2017), mas de transformação mesmo. Vivo minha conversão todos os dias, quando escolho não falar palavrões, quando escolho tratar bem as pessoas, ler a Bíblia… Enfim, quando escolho viver em comunhão com o Espírito Santo de Deus.

Em nossa vida financeira, vivemos a conversão a cada não que dizemos para as compras impulsivas, para cada moeda guardada no cofrinho, para cada fatura ou boleto pagos em dia, para cada desconto que pedimos nas compras à vista.

Hoje li uma frase que me fez refletir sobre tudo isso que vivemos (porque acredito que vocês estão firmes e fortes aqui comigo) até agora.

“A verdadeira medida de nossa riqueza está em quanto valeríamos se perdêssemos todo nosso dinheiro”  John Henry Jowett*

Nós podemos ter casas e carros luxuosos, roupas e sapatos das melhores grifes: coisas que o dinheiro pode comprar, se nos planejarmos para conquistá-las. Mas e se por um acaso do destino ou a mão de Deus querendo nos ensinar algo, perdêssemos todo o nosso dinheiro, tudo que conquistamos. O que nos sobraria? Que história contaríamos para nossos filhos? Será que ainda seríamos convidados para festas, inaugurações? Será que as pessoas gostariam de ser vistas ao nosso lado? Já pensou nisso?

Antes de juntarmos tesouros na Terra, o que estamos fazendo com nossas vidas? Estamos nos esforçando para sermos pessoas melhores e, consequentemente, juntando tesouros nos céus?

Hoje não vou responder todas as perguntas… Estou aqui aproveitando para fazer minhas reflexões, enquanto você pode parar e fazer as suas! Espero que os resultados destes momentos tragam benefícios para nossas vidas e que possamos continuar inspirando as pessoas à nossa volta, aquelas que fazem parte da nossa história e até aquelas que encontramos no caixa do supermercado ou na fila do banco… Sejam em Deus! Que Ele continue NOS abençoando e NOS protegendo de todo o mal. 😉

 

*John Henry Jowett foi um influente pregador protestante britânico na virada do século XIX para o século XX. Ele escreveu muitos livros sobre temas relacionados à vida cristã e ficou conhecido com ‘O maior pregador no mundo de língua inglesa”.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.