Baixei o valor das compras no supermercado em 50%

Dia 178/365:

Depois de avaliar os primeiros meses deste desafio e com a ajuda dos aprendizados com o ‘Obrigada, estou apenas olhando’ consegui identificar que o supermercado era um dos gargalos das despesas mensais.

E se a sua conta do supermercado também não está cabendo no bolso, está na hora de fazer alguma coisa com relação a isso. A gente sabe que os preços sobem a cada semana, mas você pode, assim como eu, estar jogando dinheiro fora.

Comece avaliando o seu lixo (esse mesmo que fica em cima da pia): você está jogando muito resto de comida fora? Seja a sobra do prato ou os alimentos que acabam se estragando por conta de não ter dado tempo de comê-los. Às vezes, estamos gastando demais no mercado e comprando além do que conseguimos consumir.

Descobri que o ideal é fazer compras semanalmente: assim você vai comprar quantidades menores e o risco do alimento se estragar diminui.

Compre de acordo com o número de pessoas na casa. Faça uma estimativa para frutas, frios e laticínios, carnes de acordo com as bocas para alimentar hehehe

Estipule um valor máximo para gastar na sua compra semanal. Lembre-se de que é você quem prioriza as necessidades na sua vida, não as “promoções” de um estabelecimento comercial. Ao atingir o limite que você fixou, pare de comprar.

Faça uma lista do que precisa comprar e pesquise preços. Alguns mercados vendem no atacado. Nestes estabelecimentos, as compras de arroz, óleo, feijão, papel higiênico, produtos de limpeza podem sair mais baratos. Quando for num atacado, combine com os vizinhos e faça compras conjunta. O valor do desconto pode ser maior ainda.

Tente ir ao mercado sem as crianças. Assim, a pressão para comprar produtos supérfluos é bem menor, pois os pequenos são alvos mais suscetíveis ao marketing. Agora, com a época de Páscoa, cuidado! Os ovos de páscoa, principalmente, aqueles que vêm com brindes e custam muuuuito mais caros, já estão por toda a parte.

Sempre vou ao supermercado no meio da manhã, ou seja, sem fome heheh Geralmente vou aos sábados ou domingos e compro frutas, verduras, legumes, leite e torradas para a semana toda. As compras de arroz, feijão, macarrão acontecem apenas uma vez ao mês.  Até o dezembro do ano passado, gastava em  média, R$ 130,00 nesta ida ao mercado. Hoje, comprei tudo que precisava e paguei apenas R$ 69,00. Na semana passada, foi R$ 74,00… Está diminuindo e tenho tudo que preciso.

A gente vai aprendendo e aprimorando as coisas. Gastando menos, comprando com mais consciência… Educação financeira é um aprendizado diário. Controlar os impulsos também! Aos poucos, baixamos as emoções, compramos apenas o que é preciso e não nos sentimos mal por isso. Até o lixo reciclável diminuiu! Sinal de que estou consumindo menos produtos embalados e mais in natura: a saúde agradece heheh

E assim, o valor da reserva financeira vai aumentando. Vamos fazer render o dinheiro suado que ganhamos, poupando. Não tenha medo de dizer não quando for necessário. Este é um aprendizado para toda a família. Seus filhos vão te agradecer por este ensinamento. Serão pessoas melhores e mais conscientes no futuro.

Que Deus continue NOS abençoando e NOS protegendo em cada situação, em cada momento e NOS inspirando em cada compra. E até NOS puxando as orelhas quando extrapolarmos. Que possamos ser felizes, acima de tudo. 😉

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s