Como envolver a família nas finanças da casa

Dia 188/365:

Estamos na semana 11 do Desafio das 52 Semanas e no post dessa terça-feira, no Facebook do ‘Obrigada, estou apenas olhando’, falamos sobre a família, incentivando todos os membros a participar das finanças da casa.

E, por conta dela, recebi uma mensagem in-box pedindo ajuda para falar com a família sobre as dificuldades financeiras e sobre como convocar todos a participar das economias mensais e até do exercício de poupar. Veja o pedido de socorro:

“Vi o post sobre envolver a família para poupar e fiquei pensando na situação lá em casa. Minha família não conhece a nossa situação financeira. Em casa, só eu trabalho, tenho esposa e dois filhos pequenos (7 e 12 anos). Não consigo falar não para eles e, por conta disso, nos envolvemos em dívidas que não tem fim. Estou precisando de ajuda”

Situação delicada não é pessoal? Como deve ser difícil dizer não àqueles que amamos. Lembro bem da minha mãezinha que se desdobrava para cuidar de mim e do meu irmão, quando meu pai nos abandonou. Enfrentava as dificuldades e nunca nos deixou faltar nada. Mas, mesmo em toda a sua ingenuidade e simplicidade, sempre foi sincera conosco, quando pedíamos algo que ia além da sua capacidade.  E hoje posso imaginar como deveria doer nela assumir esta postura de ‘não posso’…

Mas, para sair dessa situação, não tem outro jeito: o caminho deve ser o da transparência, respeito e sinceridade. É o segredo para ter qualquer conversa com a família sobre o assunto que for. Mas finanças, sempre foi e sempre será, um assunto delicado. E, por conta disso, os cuidados devem ser redobrados.

E como estamos lidando com uma família e esta pode ser a dúvida de muitos outros pais e mães, fui conversar com o nosso educador financeiro, Pedro Braggio. “Se um dos membros da família resolveu cuidar das finanças da casa sozinho e já faz tempo que carrega esse fardo pesado, está mais do que na hora de dividir as preocupações com os filhos e com o cônjuge”, explica.  “Por que carregar tudo isso sem dividir com os outros? Tirando o peso das costas, é possível planejar um novo rumo para as finanças da família e vai ser bom para todos”, aconselha.

Mas como conversar com a família? Importante é que você não faça da conversa um sermão, nem uma bronca, senão o assunto fica pesado e ninguém vai querer ouvir. Com os pequenos faça-os entender o o valor do dinheiro: não dá em árvore e custa ganhar.  Lance um desafio. Chegue com um porquinho para cada um e desafie-os a enchê-los. Ou algo do tipo, use a sua imaginação e aproveite para brincar com as crianças.

Converse com todos da família sem marcar data e horário: vai ficar mais fácil. Comece a conversa como se fosse como outra qualquer. E vá sentindo a reação do membros da família. Com o seu cônjuge, que entende e sabe discernir, pode ter uma conversa em separado, seja sincero, mostre que ao longo do casamento sempre fez, sempre se desdobrou, mas que agora não está conseguindo mais… Quem sabe ela (neste caso) não se empolga em ajudar na renda família, fazer um trabalho dentro de casa mesmo (por conta de cuidar dos filhos) e que lhe traga uma remuneração extra: de repente ela descobre um talento escondido com bolos e doces, por exemplo…

Outra forma de começar o assunto é despertar o interesse da família com um tema que eles gostem, como viagem, troca do carro, compra de uma casa maior, festas de aniversário… E explique que para que estas coisas aconteçam, todos deverão colaborar. Comece por aí e vá inserindo o assunto de economias e poupança desta forma.

Mas antes de mais nada, lembre-se de pedir orientação de Deus para conversar com a sua família. Peça para que Ele fale por você… Assim, tenho certeza de que não corre o risco de brigar, nem ofender ninguém. Quando Deus age por nós, tudo fica mais fácil, mais calmo e os resultados, certamente, serão incríveis! Vá com fé, vá com Deus e tudo vai ser resolver da melhor maneira para você e para sua família! Que sejamos felizes, prósperos e abençoados a cada dia, em todos os momentos. 😉

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.