4 passos para comemorar o fim das dívidas

Dia 230/365:

Aqui no “Obrigada, estou apenas olhando” só tem um caminho: aprender, colocar em prática e compartilhar. E hoje não vai ser diferente.

Você se lembra que zerei faturas  já quebrei dois cartões de crédito de loja e hoje sigo poupando e engordando o meu colchão financeiro, graças aos ensinamentos aprendidos e colocados em prática. De nada adiantaria participar do curso do educador financeiro Pedro Braggio se não tivesse incorporado pra minha vida tudo que aprendi lá.

Mas hoje, o tema é Livramento e Libertação. Calma, não vamos fazer uma oração eheheh Vamos te mostrar como é possível organizar a sua vida financeira, se livrar das dívidas e se libertar desta situação complicada de receber salário que dura 3 dias. Seu salário tem que durar os 31 dias do mês!

Primeiro Passo – Conheça suas dívidas: assim como para emagrecer, poupar ou abrir um negócio, quitar seus débitos também demanda uma dose de disciplina e inteligência para alcançar o sucesso. Organize suas finanças para visualizar os débitos e sua renda mensal. Encontre a melhor forma de anotar todos os seus gastos. Você pode usar um caderninho ou agenda de dívidas, um planilha de Excel, aplicativos de celular ou até o método do envelope (aquela velha maneira de administrar, separando as quantias em pacotinhos: assim você vai saber exatamente quanto vai ter ao longo do mês para o supermercado, por exemplo).

Eu escolhi o método da planilha. Se quiser, baixe a sua aqui, preencha e vá monitorando, mês a mês e, se o saldo estiver negativo, persevere até ficar azul, porque ele vai ficar.

Segundo Passo – Negocie as dívidas:  este é um momento mais delicado, procure os seus credores e encontre, a partir da negociação a melhor forma para quitar seus débitos de forma que não te prejudique ainda mais. Lembre-se de incluir as parcelas destas negociações na sua planilha de orçamento.

Eu não passei por esta fase por não ter dívidas vencidas, graças a Deus, conseguia pagar tudo em dia, mas gastava tudo e a poupança não fazia parte deste tudo. Agora faz e  como a vida mudou depois disso! A sua também vai mudar.

Terceiro Passo – Defina suas prioridades: agora que você já sabe como está a sua situação financeira,  defina um limite para cada despesa sua ou da família. Se a conta não fechar (no início não fecha mesmo) você tem que encontrar formas de diminuir os gastos, apertando aqui ou ali.  Estabeleça o que é prioridade e deixe para depois o que pode esperar.

Quarto Passo – Descubra talentos que podem virar uma renda extra: se mesmo seguindo esses passos, você está se contorcendo para chegar até o fim do mês com dinheiro no bolso, está na hora de considerar a possibilidade de aumentar seus rendimentos: um novo emprego que te ofereça um salário maior ou algum talento que você pode transformar em uma renda extra.

No curso de reeducação financeira, entre os ensinamentos estava o aumento da receita. Este foi também o desafio que me foi imposto por aquele amigo que me deu bronca por eu não guardar dinheiro, lembra? Ele me disse: ‘além de parar de gastar, você tem que ganhar mais’. Como sou jornalista, atuo como assessora de imprensa e também com marketing digital, consegui cumprir este desafio, aumentando o número de clientes nas redes sociais. Está dando certo, graças a Deus!  De repente você gosta de cozinhar, tirar fotos, tem facilidade em ensinar… Descubra o que gosta e sabe fazer e empreenda!

Passo Extra – Esse você vai gostar: crie recompensas para si mesmo. Não precisa sofrer e ficar olhando somente para as dívidas, os débitos e as contas a pagar. Torne este desafio mais divertido e recompensador. Transforme a sua disposição em sair das dívidas num jogo com benefícios para você ao longo do caminho.  Ao terminar de quitar uma dívida, faça algo para comemorar: tome um sorvete, um café especial, vá ao cinema ou ao salão de cabeleireiro. Mas não custa avisar: não faça nada que vá comprometer o seu orçamento.

Isso vai ajudar na motivação para seguir em frente. Você pode, inclusive, ir monitorando e planejando no tempo que te resta para quitar uma dívida, qual será a sua recompensa. Eu não fiz isso. Parei de comprar, doeu no começo, mas encarei o ‘guardar dinheiro’ como um desafio. Estou feliz em ver os resultados e satisfeita comigo mesma. É como se fosse um prêmio a cada extrato.

Mas uma coisa é certa: não existem milagres! O que existe é trabalho, perseverança e empenho. Não desista, no começo é difícil, como você já acompanhou por aqui, mas depois as coisas vão ficando mais e mais fáceis e tudo entrando no seu devido lugar, com a graça de Deus. Não esqueça de colocar Deus em tudo que você faz. Tanto na dor da dívida, quanto na alegria da comemoração. Ele quer participar da sua vida, só você deixar! 😉

 

 

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s