Viciada (o) no cartão? Aposente o seu!

Dia  238/365:

Há 5 meses não uso o cartão de crédito hehehe, nossa, nem dá pra acreditar que o “Obrigada, estou apenas olhando” está fazendo isso comigo. Mas se você é viciada (o) no cartão de crédito, viciada (o) em gastar com o cartão, tenho um desafio a te fazer: conseguiria aposentar o seu cartão, mesmo que temporariamente?

Esta proposta é para aquelas pessoas que gostam de gastar e tem dois, três ou até quatro cartões de crédito dentro da carteira: do banco, do posto de gasolina, da seguradora, da loja de roupas e por aí vai…

(Preciso abrir um parênteses aqui para destacar que aquelas pessoas que usam o cartão de crédito pra tudo, de olho nos programas de pontos, milhagens e outras vantagens oferecidas: você está no caminho certo, desde que se controle e gaste dentro do seu orçamento e pague a fatura integral do cartão quando este chega no seu e-mail).

Agora, vamos voltar para aquelas pessoas descritas no segundo parágrafo, para os consumistas extremos (como eu era, há alguns meses): cartão de crédito nas mãos destas pessoas acaba virando uma arma com um enorme poder de destruição: destrói a sua paz, o seu sossego e, consequentemente, a sua saúde.

Que tal tentar aposentar (mesmo que temporariamente) o cartão de crédito e usar somente o débito. Prometa para você mesmo e para o maior número de pessoas possível (como eu estou fazendo com o NOSSO blog), assim elas vão te ajudar a cumprir a sua meta de não usar o crédito e ainda poupar uma porcentagem do seu salário, assim que recebê-lo.

Para garantir o equilíbrio de suas contas, reserve um valor, no orçamento doméstico para o pagamento do cartão, prevendo a quitação total da fatura, reveja a data do vencimento da fatura e coloque-a próxima à data do seu salário. Assim, não tem desculpa para não pagarem dia e no valor total. Fica sempre o alerta de que pagar o mínimo da fatura do cartão pode se transformar numa bola de neve.

Ah, outra dica é evitar emprestar seu cartão para amigos ou parentes. Lembre-se: a partir do momento em que a compra é realizada, a dívida passa a ser sua, pois está registrada no seu cartão. Se a pessoa não pagar pelo que comprou, você será responsável pelo pagamento.

Confie que assim como deu certo pra mim vai dar pra você também. Persevere para conseguir sair deste círculo vicioso que pode ter se transformado a sua vida. Com Deus no controle tudo vai ficar mais fácil. Que Ele continue NOS abençoando e protegendo em todos os momentos.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s