Não empreste seu nome. Ele é seu bem mais precioso

Dia 249/365:

Espero que o Dia das Mães de todos tenha sido muito especial. O meu foi: passei na companhia de pessoas que amo e quase não fiquei triste, elas fizeram de tudo para não deixar…  Mas foi impossível não se lembrar da minha, falo dela todos os dias, não tem como…  Mas como sei que ela está na Glória de Deus, isso me conforta. Muito!

Mas hoje, voltamos ao nosso dia a dia de números, contas, listas, pagamentos, despesas, receita… hehehe Sim, todo dia é dia, não dá pra escapar disso. E como a gente vem falando sobre a importância de SER para TER (sempre com planejamento), está na hora de falarmos sobre o seu legado.

Sim, o seu nome é o seu maior legado, é o seu bem mais precioso. E o ‘Obrigada, estou apenas olhando descobriu que 11,2% dos consumidores com o nome sujo emprestaram seu nome para alguém que não honrou com os compromissos e, mais ainda, não honrou o seu nome. A situação piora quando 1/3 deste percentual sequer sabia o valor da compra que seria feita.

O problema é que emprestar o seu nome envolve pessoas próximas – parentes, amigos colegas de trabalho, familiares – ou seja, você faz com a intenção de ajudar e o outro acaba atrapalhando sua vida financeira.

4 motivos para não emprestar seu nome a terceiros

1)  Seu nome é seu bem mais precioso

2)  Se ele não pagar, você herdará a dívida da pessoa

3) Já pensou que pode abalar um relacionamento de anos?

4) Você tem o direito de se recusar a emprestar seu nome!

4 – Você tem todo o direito de se recusar a emprestar seu nome!

Decisões financeiras precisam ser tomadas de forma racional, não deixe as emoções interferirem.  Pense bastante antes de fazer isso, se possível avalie os prós e os contras, sem a presença da pessoa que te pediu a ajuda. A carinha dela, lágrimas e uma história triste podem comprometer o seu julgamento.

O melhor seria orientar a pessoa a procurar ajuda de um profissional. E, ao invés de emprestar o seu nome, coloque-se à disposição para ajudá-la a encontrar outras formas de conseguir dinheiro. Seja educado e compreensivo, mas diga não.

Deus não quer que soframos, da mesma forma com que não quer que sejamos enganados. Mas ele nos dá o livre arbítrio: são seus ensinamentos que vão nos orientar sobre o que está certo ou errado e cabe a cada um escolher o que fazer, que caminho tomar, diante de cada situação. Que Ele continue NOS abençoando e NOS protegendo em todos os momentos. 😉

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s