“Não sei ganhar dinheiro”

Dia 250/365:

Se você vira e mexe pensa nisso, fique tranquila, você não é a única. E para resolver esta situação, o ‘Obrigada, estou apenas olhando’ tem uma dica muito legal para mulheres empreendedoras, mães, para ser mais precisa.

Aproveitando o mês de maio, data propícia para homenagear todas as mamães, conversamos com a Bru dos Santos, da empresa Marketing de Mãe para Mãe, onde ela é sócia da Telma Morassutti. A Bru é ótima e deu várias dicas para as mamães (de qualquer idade) que querem empreender.

Segundo ela, as mulheres enfrentam um dilema quando se tornam mães. “Imagine uma mulher que trabalhou fora a vida inteira e, depois que se afasta para a licença maternidade, não consegue mais voltar ao mercado de trabalho”, pondera.

Deixa eu abrir um parênteses aqui… heheh Não sou mãe, mas imagino o quão deve ser difícil depois da convivência diária com o bebê, durante a licença maternidade, deixá-lo numa creche ou contratar alguém para cuidar ou ainda deixar com parentes. Deve ser doloroso e a Bru concorda comigo. Sua experiência mostra que as mães encontram no empreendimento materno a saída para trabalhar e, o melhor,  continuar convivendo com seu bebê.

E tudo começa, segundo a Bru, identificando o que gosta de fazer. “Normalmente começa com um hobby. Elas identificam algo de gostam de fazer como fotografia, culinária, moda”, explica. “Mas só a paixão por fazer algo não traz resultado, é preciso se capacitar”, alerta. “Para transformar uma paixão num empreendimento que traga resultados financeiros é preciso buscar ajuda: as mães que deslancham mais rápido é porque entendem que têm que buscar ajuda especializada”, aconselha.

Elas têm uma ferramenta chamada Ponto Doce que ajuda as mulheres a descobrirem uma vocação, uma paixão e transformar isso num negócio. “Usamos o Ponto Doce para aquelas mães que chegam até a gente e não sabem por onde começar. Os resultados desta ferramenta nos dão o norte: conseguimos extrair o que ela gosta de fazer, como ela pode fazer acontecer e até a demanda de mercado para o negócio, explica. “Temos muitos casos de sucesso”, comemora.

A Bru tem dois filhos, o Theo, de 9 meses, e a Nicole, de 7 anos. Ela conheceu a Telma há dois anos, quando decidiu deixar de lado uma loja de artesanato que havia montado aos 20 anos e dar uma guinada na vida. “Procurei a Telma que já trabalhava com mentoria e empreendedorismo materno. No terceiro dia de mentoria, ela me convidou para ser sócia deste projeto: começamos a divulgar e o negócio deslanchou”, lembra. “No primeiro mês já começamos a tirar nosso pró-labore que sai, religiosamente”, destaca

Mães queridas que seguem o “Obrigada, estou apenas olhando” se você está se vivendo num mato sem cachorro, está na hora de despertar a empreendedora que existe em você. Se a Bru com dois filhos pequenos consegue ser esse sucesso (já acessou a página delas?), vocês também conseguirão. Sigam elas no Instagram também: @marketingdemaeparamae. Lá tem várias dicas de graça (o que é melhor) para você começar um negócio.

Ela listou 5 ideias de “por onde começar”. Então, pare de choramingar e bora empreender:

Artesanato: vejo muitas mães fazendo dinheiro nessa atividade. Muitas mulheres ainda consideram o artesanato como hobby e acabam não enxergando como potencial empreendimento.

Papelaria Personalizada: normalmente as mães viram decoradoras de festas infantis com a chegada dos filhos, é um mercado que está em alta e tem demanda o ano todo.

Assistente Virtual: pra quem gosta e vive conectada e ligada em tecnologia e tem habilidade com computador, vejo esse mercado com um potencial gigantesco começando a crescer. Ela pode, inclusive, oferecer esses serviços para outras empreendedoras.

Consultora de Beleza: uma ótima opção pra mãe que já é vaidosa iniciar nessa empreitada, existem várias empresas no mercado que estão sempre em busca de revendedoras.

Fotógrafa: como já falei, mãe é multifunção, e se é uma mãe que gosta de detalhes, é perfeccionista e gosta de registrar momentos, olha a oportunidade batendo na porta!

Gostaram? Espero que sim… Mais homenagens para o Dia das Mães, mas agora, uma homenagem com efeito prático: você lê, incorpora, aproveita as ideias e já sai colocando em prática. E que Deus abençoe suas ideias e projetos, pois, com Ele fica tudo mais fácil. Tenho certeza de que a partir deste post a sua vida vai mudar! Seja feliz! Seja em Deus 😉

Na foto, a Bru na frente do computador (claro), mas com as crias sempre por perto. Se ela pode, você também!  😉

Um comentário sobre ““Não sei ganhar dinheiro”

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.