“Você não é todo mundo”, ensine seus filhos sobre finanças

Dia 256/365:

Dinheiro é limitado e a gente tá cansado de saber disso, não é? E o alerta hoje do ‘Obrigada, estou apenas olhando’ vai para os papais e mamães que tem filhos de todas as idades: crianças, adolescentes e jovens adultos: o quanto antes eles souberem e entenderem que o dinheiro precisa ser controlado, mais rápido eles se tornarão responsáveis e conscientes.

Hoje fui ao mercado buscar queijo ralado para acompanhar a sopinha que estou preparando e na fila do caixa, uma mãe com uma criança se descabelando porque queria um kinder ovo (aquele ovo de chocolate que vem com uma surpresa dentro). Pela cara da mãe, não foi possível descobrir se ela não tinha dinheiro para comprar o chocolate ou estava dizendo NÃO apenas para ensinar.

Para alguns pais esta é uma tarefa difícil: DIZER NÃO! Mas as crianças precisam aprender o valor e o significado do dinheiro, para que ele serve e como deve ser usado: de maneira controlada. Compre um cofrinho para ensinar os pequenos com exemplos e trate o assunto de uma forma tranquila: a criança vai entender com mais facilidade. Explique que o dinheiro da família é utilizado para várias coisas como compras no supermercado; pagamento das contas de água, luz, telefone, escola; para comprar roupas e sapatos e para passear no fim de semana. A criança precisa entender que existem coisas sérias e coisas legais que o dinheiro pode proporcionar, mas é preciso ter prioridade e fazer escolhas.

Para os adolescentes, as idas ao shopping, compras, passeios, revistas, games, celulares, enfim, fazem parte de uma lista que parece sem fim. Mas tem que tem fim, sim! Para eles também é preciso explicar que o dinheiro tem fim. Explique os limites financeiros da família e os ensine a priorizar, escolher o que vai comprar, em detrimento de outras coisas. Esta fase é uma das piores, pois os adolescentes (a gente já foi né?) não querem ouvir muitas explicações. Eles querem se rebelar, querem encontrar motivos para reclamar ou para se sentir injustiçados… Não se deixe levar por chantagens… Lembre-se da velha frase que é meme de 10 entre 10 postagens sobre mães e filhos “Você não é todo mundo!” hehehe Toda mãe fala isso!

Quando entram no mundo profissional, os jovens adultos são rapidamente seduzidos pela falsa impressão de que podem comprar tudo e mais um pouco… heheh O jovem quer viver o presente: comprar, viajar, sair com os amigos. Pensar no futuro então? Jamais: ‘sou muito jovem pra isso’, eles dizem, mas o tempo passa. E quanto antes começarem a pensar no futuro, melhor será este futuro.

Lembre-se sempre da sua responsabilidade na formação de seus filhos. Este tipo de educação tem que começar em casa. Não terceirize este tipo de orientação para a escola, pois, você tem que orientar a partir da realidade da sua família. Acha que passou da hora de ajudar os filhos? Não se preocupe, nunca é tarde. Sempre é tempo de ensinar, compartilhar, participar da vida deles e orientá-los para que no futuro sejam pessoas que vão lhe  trazer orgulho. Que Deus NOS ajude nesta tarefa de orientar e ensinar. Seja em Deus 😉

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.