Feliz no presente, poupando para o futuro

Dia 274/365:

O ‘Obrigada, estou apenas olhando’ quer saber:  você acredita ser possível viver (feliz) o presente e, ao mesmo tempo, poupar para o futuro? Sim é! E eu vou te explicar como.

Imagine ter liberdade para fazer escolhas que lhe permitam aproveitar tudo que a vida tem de bom e ser feliz. Imaginou? Agora, some a isso conseguir guardar dinheiro para imprevistos, controlar suas finanças e ainda programar um futuro mais tranquilo, financeiramente falando. Seria a glória, não?

Tudo isso é possível. Eu ainda estou na fase de controlar as finanças e guardar dinheiro para imprevistos. Uma vez que não estou podendo gastar com supérfluos (e supérfluos leia-se passeios, viagens, compras). Se bem que você se lembra que não abro mão do cineminha né?

Você sabe também que o meu tratamento de choque com o desafio de ficar um ano sem compras foi uma medida drástica, porém, necessária. Mas o controle financeiro não precisa sufocar suas possibilidades de aproveitar a vida. A gente não precisa trabalhar apenas para poupar. É mais ou menos isso que estou fazendo, mas foi preciso para aprender.

Faz parte do bem-estar financeiro usufruir do dinheiro que você ganha. É só aprender a fazer isso de modo que não comprometa o seu orçamento. Administrar o dinheiro faz toda a diferença. Você sabia que segundo o SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito), apenas 12% das pessoas têm condições de aproveitar a vida e a culpa, segundo alegam, é a forma como administram o dinheiro que ganham?

Mas, pensa comigo, desfrutar o presente está relacionado apenas com dinheiro ou bens materiais? E para mudar essa situação, você precisa viver de bem com as finanças não é só ter dinheiro sobrando no bolso, mas saber investir para assegurar o futuro, aproveitar o presente e poder lidar com imprevistos a qualquer momento. Como? Assim ó:

Proteja-se contra imprevistos: esteja preparado, pois, eles acontecem. Poder contar com uma reserva própria, nesses casos, evitará muitas noites em claro. Reserve parte das suas receitas, todo mês. Faça disso um hábito e quando menos esperar, estará poupando sem sofrimento.

Controle sobre as finanças: você controla suas finanças ou elas te controlam? Muita gente tem medo que o dinheiro acabe ao longo do mês. Se você vive neste dilema, precisa se libertar e fazer o seu dinheiro trabalhar para você. Confronte-se com a sua realidade. Viva de acordo com seus padrões financeiros, coloque na ponta do lápis, numa planilha ou aplicativo, todos os seus gastos e ganhos. Estabeleça prioridade e corte gastos.

Sonhe e trace metas: sonhar apenas não vai te levar a lugar nenhum. Você precisa ter metas. E qual a diferença? A partir do seu sonho, planeje o que quer, em quanto tempo e quais recursos para conseguir. Não, não é simples! Mas é possível! E eu sei que você vai chegar lá! Só tomar a decisão! Agora! Vamos?

Que Deus abençoe sua vida, seus sonhos, suas metas e estratégias para chegar lá! Lembre-se Dele e também daqueles que precisam. Comece a incluir em seu planejamento financeiro uma ajuda ao próximo, que às vezes pode estar bem mais perto do que você imagina 😉

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.