Para limpar o nome: 16% recorreram ao empréstimo

Dia 284/365:

O ‘Obrigada, estou apenas olhando’ anunciou há dois dias que 63,29 milhões de brasileiros deixaram de pagar suas dívidas a ponto de ter o nome negativado. Destes, 16% que estão tentando ‘limpar o nome’ recorreram ao empréstimo.

TV, jornal e internet bombardeiam todos os dias propagandas que oferecem sempre as melhores taxas de juros e os prazos mais estendidos para pagar…  Alguns até sinalizam com ‘crédito para negativados’…

Agora, por outro lado, imagine a situação de uma pessoa neste mar de 60 milhões: contas em atraso, ameaças de credores por falta de pagamento, sem dinheiro para comprar o básico para o cônjuge e filhos. Não deve ser fácil. Estas pessoas são presas fáceis destas propagandas. Uma pesquisa rápida no Google, com a expressão “empréstimo pessoal”, é possível encontrar mais de 9 milhões de resultados.

Imagina isso martelando na cabeça de uma pessoa que está inadimplente. A internet ainda facilita a contratação de empréstimos sem a chateação de olhar para a cara do analista (e ter que explicar o motivo de tal empréstimo. É humilhante, já passei por isso a long time ago).

Mas não pense que é somente a classe C e D que recorrem ao empréstimo. De acordo com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) o  percentual de inadimplentes sobe para 21% entre os consumidores das classes A e B.

As pessoas inadimplentes, no desespero de resolver a situação, não avaliam que os empréstimos para negativados, apesar de serem concedidos de forma ágil e com o mínimo de burocracia, cobram juros altíssimos. Cuidado, pois você está contraindo uma nova dívida para quitar outra. Avalie o valor das parcelas (se cabem no seu orçamento) e os prazos de pagamento, se vai conseguir honrar este novo compromisso, ou vai contrair uma dívida que pode se tornar praticamente impagável.

Independente da forma que contrair o empréstimo, pesquise sobre a idoneidade da empresa a fim de evitar fraudes ou golpes: busque informações sobre a empresa, busque informações em bancos a respeito da financeira, cheque o CNPJ e busque informações no Reclame Aqui.

Depois do empréstimo, busque negociar suas dívidas com seus credores. Mas, se durante as negociações você ficar com alguma dúvida, não decida na hora. Peça uma cópia da proposta e um tempo para avaliar. Leve pra casa e converse com a família. Avalie se a quitação desta dívida não vai impactar o dia a dia da sua família. Faça uma contraproposta e boa sorte!

Vai dar tudo certo. E pense bem antes de fazer uma nova compra que pode te complicar lá na frente. As próximas compras? Não faça! heheheh Vou ficar aqui torcendo para que você consiga quitar suas dívidas para poder dormir tranquilo (a) como a moça da foto que até esquece o relógio tocando heheh Tenha fé e confie, pois, o Deus que servimos não NOS desampara. Nunca… 😉

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.