Eu quero, eu preciso ou estou surtando…

Dia 288/365:

Se um dia você conversar com o educador Pedro Braggio sobre compras, ele vai te orientar a se fazer estes questionamentos. “Eu quero? Eu preciso? Estou surtando?”. Hoje eu precisei, mas não cedi ao surto, graças à voz da consciência do ‘Obrigada, estou apenas olhando’.

Na hora do almoço, derrubei tempero de salada na saia. Minha saia verde, linda e usada, bastante usada. Ela já trazia lembrança de outras duas manchas, mas com a terceira, ela ficou praticamente inutilizada. Gostava tanto dela…

E vocês não imaginam a vontade que me deu de comprar uma saia nova. Até entrei numa loja, experimentei e ia ganhar a saia de presente. Mas, dentro do provador, me olhando no espelho, enxerguei o que estava fazendo: surtando!

Eu não precisava de uma saia nova. Precisava me acalmar. E foi o que fiz. Saí do provador e disse para a funcionária da loja e para a pessoa que ia comprar a saia que não havia servido.

E além de estar surtando eu ainda ia explorar uma pessoa. Absurdo! O preço da saia nova? Em promoção por R$ 59,90. Mas como não compramos, ficou de graça hehehe E a saia velha, vou tentar tingir. Se der certo, conto pra vocês depois. Se eu não falar mais sobre isso, nem me perguntem… heheh

Espero que vocês não surtem como eu quase surtei. Cair na real, dói. Mas foi bom! Um sinal de Deus de que eu ainda consigo dominar as minhas vontades.

Se vocês passarem por isso, lembrem-se de mim. É possível resistir, com a graça de Deus. 😉

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.