A sua relação com o dinheiro é emocional

Dia 299/365:

A gente já comentou isso por aqui, mas agora quem está dizendo é o CEO do Instituto Destiny (SP), mentor do Clube de Inteligência e Desenvolvimetno (CID) e master coach, Tiago Brunet.

De acordo com Tiago, as pessoas imaginam que o dinheiro delas está ligado à economia do país, ao emprego atual, ao talento nos negócios ou ainda às oportunidades da vida. Ledo engano. “Se suas emoções não estão saudáveis, seus recursos financeiros jamais irão satisfazê-lo. Se o seu emocional não está saciado, o dinheiro NUNCA cumprirá esse papel”, alerta.

Antes de pensar em ganhar dinheiro e administrar bem os nossos recursos, temos que nos preocupar com nossa saúde emocional. Você já reparou que sempre que está triste, alegre, chateada ou decepcionada com alguma coisa ou alguém, você pensa em comer ou comprar alguma coisa?

As duas coisas vão fazer mal e tirar sua paz. A compulsão por comida pode fazer com que você engorde ou seu corpo adoeça em consequência da má alimentação. Por outro lado, a compulsão por compras vai te prejudicar financeiramente e não só você, mas todos aqueles que dependem dos seus recursos financeiros: a sua família.

Ao longo da história, o dinheiro já levou a culpa por tragédias familiares, queda de governos, traições corporativas e a destruição da vida de muitas pessoas. “Precisamos nos conscientizar de que o dinheiro não é nada sem uma mente que o controle”, explica Tiago.

O autor do livro ‘Pai Rico, Pai Pobre”, Robert Kiyosaki, traz outra verdade que não podemos deixar de refletir sobre ela: “O dinheiro não é a coisa mais importante da vida. Mas afeta todas as coisas que são importantes”. Por isso precisamos ter um relacionamento saudável com o dinheiro e com o uso que fazemos dele.

O controle financeiro vai garantir que NUNCA falte, nem mesmo nos imprevistos. Você precisa ler esse livro, vamos buscar sempre novas formas de nos atualizar em nossa busca diária pela prosperidade. E quando falo prosperidade penso no todo, financeira e emocional, porque não? Ainda não comecei a ler este livro, mas vou atualizando vocês sobre os meus progressos com a leitura e dividindo com vocês o que vou aprendendo, como sempre fiz.

Que Deus continue NOS orientando e NOS abençoando em todos os momentos de nossas vidas. Que Ele nos ajude a controlar nossas emoções, evitando que façamos besteiras que possam prejudicar a nós mesmos e à nossa família. Seja em Deus! 😉

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.