Inadimplência aumenta entre idosos/aposentados

Dia 312/365:

O ‘Obrigada, estou apenas olhando’ teve acesso ao novo estudo do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) que estima que o país fechou o primeiro semestre com 63,6 milhões de inadimplentes.

E você não vai acreditar, mas o volume maior de inadimplentes está na faixa etária dos 65 aos 84 anos. Espero, do fundo do coração, que não sejam as dívidas que os filhos/netos fazem em nome dos pais e avós. A gente já alertou isso aqui, você se lembra? Idosos emprestam seu nome para filhos e netos que acabam não honrando os pagamentos e endividando os familiares.

Não peça dinheiro emprestado no nome dos seus pais/avós. A gente sabe que eles têm a vantagem de fazer empréstimo consignado diretamente na aposentadoria, mas não vá deixá-los pagando a dívida por você.  Não coloque outra pessoa no sufoco para sair do seu. Os aposentados podem estar sofrendo com a inadimplência por não sobrar dinheiro para eles, uma vez que as parcelas do empréstimo são debitadas no benefício que eles recebem. Resultado? Ele está recebendo menos, o que já era bem pouco.

O estudo do SPC Brasil apontou ainda que cada inadimplente brasileiro tem em média duas dívidas em aberto, ou seja, são mais de 127 milhões de contas atrasadas. Gente, isso é muito ruim para as pessoas e para o país. E, as pendências que mais cresceram em junho foram as contraídas em instituições financeiras (empréstimos/cartão de crédito).

Os resultados desta pesquisa vão contra tudo que a gente vem pregando aqui, não é? Pagar as contas em dia (para evitar multas, juros e o nome negativado), pagar o valor integral da fatura do cartão de crédito e fugir dos empréstimos bancários por conta dos juros.

O SPC Brasil credita esta situação à lenta recuperação da economia. E, de acordo com dados apurados, o volume de consumidores com contas em atraso e registrados em cadastros de devedores acelerou no último mês de junho, ao crescer 4,07% na comparação com o mesmo período do ano passado. Trata-se da nona alta consecutiva na série histórica do indicador.

Na avaliação do presidente da CNDL, José Cesar da Costa, o ano de 2018 vem frustrando as expectativas de que haveria uma consolidação no processo de retomada econômica, inclusive com reflexos positivos na vida dos consumidores. “Embora os juros estejam menores e a inflação dentro da meta, o desemprego ainda é elevado e acaba reduzindo a capacidade de pagamento das famílias. A recuperação está mais lenta do que o esperado e as projeções mostram que teremos um segundo semestre ainda difícil para as finanças do brasileiro”, analisa o presidente.

A boa notícia (a gente sempre tem que ver o lado bom em tudo, não é?), a inadimplência diminuiu -23,31% entre os jovens na faixa dos 18 a 24 anos. Na faixa dos 25 aos 29 anos, a queda foi de -5,28%.

Fica aqui a minha torcida para que os seguidores do ‘Obrigada, estou apenas olhando’ não façam parte das estatísticas. Já passei por isso e sei que não é fácil dormir, trabalhar, cuidar da família e administrar uma cabeça cheia de preocupação por conta de dívidas que não consegue pagar. E o meu apelo para que você não endivide outras pessoas para resolver os seus problemas.

Mas desejo que se você estiver nesta situação, consiga sair o mais rápido possível. Quero que você sinta a sensação de receber o salário, pagar suas despesas e conseguir guardar dinheiro. Ter planejamento financeiro não é frescura é bem-estar, é qualidade de vida.

Que Deus continue NOS abençoando e NOS mostrando os melhores caminhos, NOS inspirando para não entrarmos em dívidas e NOS protegendo de todo o mal. 😉

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.