Aliado ou vilão: qual a sua relação com o cartão de crédito?

Quem se lembra quando quebrei os cartões de crédito? O primeiro da Renner foi quebrado no dia da entrevista para a TV TEC Jundiaí, a primeira emissora da minha cidade que quis ouvir a minha história com o intuito de inspirar mais pessoas. Foi muito legal.

O meu maior choque naquela época foi descobrir que cartão de loja também era considerado cartão de crédito. Tolinha eu heheh Naquela época tinha 3 cartões: Renner (quebrado em novembro de 2017) e Marisa (quebrado em dezembro de 2017). Só me sobrou o do banco que uso o mínimo possível. Pois é. Se você não tem controle ou como eu, está em recuperação heheh é melhor usar o mínimo possível.

Para quem não conhece essa história, só clicar aqui.

Você sabia que o cartão de crédito é uma das modalidades de pagamento mais queridas pelos brasileiros? De acordo com uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), 67% dos consumidores brasileiros utilizaram o cartão de crédito alguma vez em 2018. O grande problema constatado pelo levantamento é que o número de pessoas que não sabem como usar o cartão de crédito de maneira responsável é também bastante alto.

Aliado – Mas tem gente que usa o cartão de crédito para tudo. São aquelas pessoas controladas que sabem até onde podem gastar e ao invés de comprar no débito, pagam tudo apenas uma vez quando chega a fatura do cartão. Essas faturas giram em torno de R$ 3 a 10 mil, mas a pessoa que opta por jogar tudo no cartão de crédito não tem outros gastos, sabe que terá só esse.

Estas pessoas usam o cartão de crédito como grande aliado. E aproveitam, por exemplo, as milhagens, os programas de pontos que os cartões oferecem e acabam se beneficiando com seus próprios gastos.

Vilão  – Mas, nas mãos dos endividados, o cartão pode ser um grande vilão. A maior cilada é cartão de loja: os juros deste tipo de cartão é maior que o do banco. Alguns cartões podem chegar a 800% de juros, caso a pessoa não consiga pagar a fatura integralmente e entrar no rotativo. Enquanto que os cartões de banco giram em torno de 300%.

Três em cada dez consumidores que utilizam o cartão não fazem um controle dos gastos mensais, enquanto 33% acreditam que a forma de pagamento oferece o risco de perder o controle das compras e acabar se endividando. O mais alarmante é que três em cada dez não analisaram as tarifas e juros cobrados antes de adquirir o cartão de crédito.

Se você não quer abrir mão do cartão de crédito, o melhor a fazer é acompanhar seus gastos para não ter surpresas ou mini-infartos heheh cada vez que chegar a fatura do cartão. Siga as dicas abaixo para começar a se entender com esse pedacinho de plástico que pode fazer um estrago danado na sua vida financeira:

1. Cheque sua fatura frequentemente;

2. Cuidado com a anuidade;

3. Nunca faça parcelamentos e pagamentos mínimos;

4.Defina o limite do seu cartão;

5.Cuidado com as compras parceladas;

Em 2017, o governo instituiu uma mudança na cobrança do crédito rotativo. Atualmente, as dívidas do cartão de crédito não podem ficar rodando nessa modalidade de juros por mais de 30 dias e os bancos e operadoras são obrigados a oferecerem condições mais vantajosas para a quitação da dívida depois desse período. E, mesmo após a nova proposta, vale consultar outras modalidades de crédito, a fim de obter a melhor taxa.

“Não se endividarás” deveria ser um dos mandamentos de Deus. Mas já que o homem tem o livre arbítrio para fazer suas escolhas, espero que você escolha ser feliz e,  financeiramente falando, também! Monitore seus gastos e que Deus possa continuar te inspirando nas melhores e mais sadias escolhas. Tenha uma vida próspera! 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.