Quando a gente planeja…

Dia 18/365:

Quando a gente planeja dá certo e a economia vem. Sim, lá vamos nós, de novo, falar sobre o que foi economizado.

Quando comento com as pessoas que fui em dois shows da São Paulo Trip, elas se espantam e dizem: nossa, tá podendo hein? Antigamente, quando me diziam isso, eu ficava ofendida, porque a impressão que eu tinha era que a pessoa estava querendo me diminuir. A leitura que eu fazia era algo do tipo: ‘ei, como você conseguiu, se não tem condições para tal’.

Mais do que me ofender, isso doía.  Mas a gente aprende, no amor e também pela dor. E hoje tal comentário não me incomoda mais. Agora, quando me dizem que eu estou podendo, eu respondo: “estou mesmo”. Este é o segredo, não deixar que as pessoas ditem a forma como você deve se sentir. Você é quem tem que saber disso. A gente não pode jogar o joguinho de pessoas que não são como nós e não tem coragem de enfrentar os seus medos e vencer seus desafios.

Pessoas que não saem do lugar e ficam julgando, apontando o dedo e, pior, tentando fazer com que você se sinta tão inferior quanto elas. Não caia nessa. Se se deixar levar, o trabalho será duplo: você cai e depois tem que se levantar… Então, para economizar energia e focar no que é importante, não jogue o jogo destas pessoas… Só você sabe do seu potencial! Só você sabe quem é… Ah e Deus também sabe, pode acreditar!

Este foi um parênteses de desabafo, mas acredito que muita gente já viveu ou ainda vive isso no seu dia a dia e, às vezes, nem percebe.

Vamos voltar aos shows, quer dizer às economias hehehe O primeiro show, no sábado eu tive que almoçar no shopping  (R$ 25,00) e comprei uma água e ganhei outra  (então total de gastos R$ 5,00) e tomei um sorvete (R$ 10,00). Quase tudo naquele estádio era R$ 10,00 (absurdo!). Gastos: R$ 40,00.

No domingo, já entendida dos esquemas do evento, almocei em casa e levei uma mochilinha com as coisas que tinha em casa: bolacha, bala, chiclete e um pacote de amendoim (que comprei na rodoviária por R$ 2,50), comprei uma casquinha no shopping de R$ 2,50. No ônibus peguei dois copos de água para aguentar durante o show. Mas tive que comprar um copo alusivo ao show para guardar de recordação (R$ 20,00).  Total de gastos no show de domingo: R$ 22,50.

Ah e, na saída, achei uma camiseta do Aerosmith jogada no chão, aliás, tropecei nela heheh (uma baby look da turnê de 2016, mas igualmente linda) Acho que foi presente divino por eu ter me comportado bem heheh

É possível economizar na diversão. Essa coisa de levar algo para comer e água foi conselho da Renata e da Mariana Abel, meninas experientes nos paranauês dos grandes shows de rock. Obrigada, meninas e que Deus NOS ajude.

 

Economia na diversão

Dia 17/365:

Estou na Rodoviária de Jundiaí esperando a Renata e a Mariana para o segundo show do fim de semana: hoje tem Aerosmith. Outro sonho que estou realizando.

E como é bom realizar sonhos. Como é bom poder vivê-los em toda a sua plenitude. Ontem descobri que a gente não precisa se acabar de gastar, mesmo enquanto está se divertindo.

Cheguei em São Paulo e fui almoçar, pra não precisar ficar gastando dentro do estádio. Lá tudo inflacionado: 10,00 era o valor base para pipoca e refrigerante, os lanches estavam mais caros (mas nem sei o valor). Tinha sorvete também e cerveja (mas esta última nem me interessou, não bebo).

Como tinha almoçado, me aguentei bem com um sorvete de 8,00 e uma água que o meu amigo pagou (encontrar este amigo foi providencial para este show): Praia Filho, valeu a força!

E vamos pra mais um show. Hoje estou levando um pacote de bolachas e outras guloseimas que tinha em casa, ou seja, mais economia. E que Deus NOS ajude!

Foto: Fabio Tito G1

Tenha coragem de realizar seus sonhos

Dia 16/365:

Hoje, ia escrever diretamente de São Paulo, mais precisamente do Allianz Parque, estádio maravilhoso do meu time amado que daqui a pouco será palco de um dos maiores shows da minha vida. Sim, vou assistir Bon Jovi, na São Paulo Trip.

Mas resolvi escrever de casa, com medo de ficar sem bateria. Imagina ir até lá e não conseguir fazer uma foto ou uma livezinha? Melhor não arriscar. Já estou pronta! Ansiosa que só (duas horas antes do horário marcado para pegar o ônibus rumo a São Paulo).

Sim estou realizando um sonho, que foi planejado. Parcelei os shows (sim, dois, hoje e amanhã. Amanhã tem Aerosmith, outro sonho adolescente) em quatro vezes. Ah, deixa eu adiantar, comprei os ingressos em maio, antes de me propor este desafio. Então, tá valendo… heheh Mas como parcelei não pesou. E antes de comprar, fiz as contas e os shows cabiam no meu orçamento mensal.

Para ir até São Paulo, escolhi a excursão pela comodidade, segurança e sem a preocupação de ter que procurar estacionamento e correr o risco de pagar a inflação destes estabelecimentos em dias de shows. Não estou levando cartão de crédito, só dinheiro, desta forma, gastei, acabou heheheh Mas o dinheiro para hoje e amanhã já estão reservados, ou seja, um investimento conscientemente planejado.

Estou muito feliz. Já vi Michael Jackson, Madonna, Legião Urbana (sim, sou deste tempo), Rolling Stones, Guns ‘n Roses e tantos outros. Mas os shows de hoje e amanhã são especiais. São da época do ensino médio: veja quanto tempo demorou para realizá-los, melhor não fazer as contas pra não ficar tão evidente a idade heheh

Então, meus queridos, não importa o sonho. Planeje-se, seja corajoso, invista pra realizá-los e você vai conseguir, assim como eu. Que Deus me acompanhe e NOS ajude.

 

Foto do post:  Marcos Serra Lima/G1