Um ano sem compras? Tem coragem?

Dia 170/365:

Hoje, o ‘Obrigada, estou apenas olhando’ segue feliz. Estamos prestes a fazer mais uma seguidora do desafio #UmAnoSemCompras.  O bom de tudo isso é que funciona.

Ainda não sei qual situação desta amiga, mas tenho certeza de que posso ajudá-la. O pedido de ajuda (ainda que velado) veio numa conversa, via WhatsApp:

– Cí, você ainda está firme no seu propósito sem compras?

– Estou, sim, porquê? Quer me vender alguma coisa? heheh

– Não, estou precisando deste desafio também!

Depois de tomar a decisão de mudar os hábitos financeiros, o primeiro passo pra ela ou pra qualquer pessoa que queira botar em ordem a sua situação financeira é saber, exatamente, o quanto ganha e como está gastando. E, para isso, nada melhor do que baixar a planilha que o diretor financeiro do Grupo Quality nos presenteou: Planilha de Planejamento Doméstico.

Com a planilha vai ficar fácil visualizar suas receitas e despesas… A boa notícia é que não precisa ficar sem comprar por um ano. Claro que o desafio é mais do que ficar sem comprar, é a atitude de mostrar para a sua vontade que você tem domínio sobre ela. Ah, nós somos demais!

Mas os próximos passos da saga desta minha amiga, conto depois, se ela permitir, claro que preservando a sua identidade, para vocês entenderem, de uma vez por todas, que é possível. Não importa se você ganha pouco ou muito, o importante é quanto e como gasta tudo que ganha.

Bora encarar mais um desafio de inspirar pessoas para uma relação saudável com o dinheiro? Que Deus permita que caminhemos e encontremos o equilíbrio que ela busca, que todos buscam. Que Ele NOS abençoe e NOS proteja, sempre, todos os dias, em todas as circunstâncias. 😉

 

Levar dinheiro ao mercado: a melhor maneira de economizar

Dia 168/365:

Ir ao mercado com dinheiro contado para aquilo que você vai comprar é a melhor forma de economizar: colocando em prática as lições do ‘Obrigada, estou apenas olhando’ hehehe

Aproveitei para ir a pé até o mercado, assim já faço um exercício aeróbico também… Musculação foi hoje na hora do almoço (o que é bom: a gente malha e não almoça hehehe). Mas o mais legal é encontrar os vizinhos, as mães dos amigos de infância… E como é bom encontrar com elas… Lembrar dos tempos em que éramos crianças, da minha mãezinha querida, elas sempre comentam e sempre fazem questão de mostrar o quanto sentem a falta dela, assim como eu.

Hoje encontrei com a Raimunda e a Selma Rita. A Raimunda, me viu no telejornal, na semana passada. E ela falou isso com tanto orgulho. E fico muito feliz, não por ela ter me visto na tevê, mas por ter orgulho de dizer: ‘conheço essa menina’, é assim que ela me chama ainda… Isso é muito legal e não tem preço que pague.  A Selma garantiu que vai assistir pelo computador hehehe

A geração da minha mãe sente desta forma. Para estas mulheres, seremos eternas crianças e isso é muito gostoso né?

Hoje, ganhei duas vezes na ida ao mercado: economizei porque voltei pra casa com troco hehehe e fui dar uma voltinha no passado. Um passado com minha mãe, alegre, viva e feliz… A Raimunda ainda me confidenciou que quando meus pais se casaram, foi ela que ajudou minha mãe a arrumar a casinha onde foram morar… “Limpamos a casa, organizamos tudo, o melhor lugar para cada coisinha”, esta lembrança encheu meu coração de amor e de saudades ❤

Que Deus abençoe todas essas guerreiras, mulheres fortes que já passaram por tanta coisa, por tantas perdas, mas também tantas alegrias. Que ELE as proteja, oriente e as livre de todo o mal, como vem fazendo conosco, todos os dias! 😉