Uma conversa pra lá de financeira

Dia 329/365:

Hoje me encontrei com o Educador e Terapeuta Financeiro Pedro Braggio. Fui lá tomar um café e conversar sobre finanças, claro! Com o’Obrigada, estou apenas olhando’, só tenho a agradecer todos os ensinamentos que recebi durante os três dias de curso e tudo que venho aprendendo com ele de lá para cá.

Contei pra ele sobre os progressos com o ‘Obrigada’, com a minha reserva financeira e a chegada de novos clientes, com a graça de Deus e emendei: “O meu colchão financeiro agradece”. Ele se surpreendeu, dizendo: “Que bom ouvir isso e não as minhas compras agradecem”.

Sempre digo que depois de tudo que aprendi não dá pra voltar a ser a mesma pessoa. Sinto que vou me tornar uma pessoa controlada. Hoje penso duas a três vezes para gastar com coisas que preciso. Imagina… Quanta mudança.

Ele ficou feliz e me contou as novidades que vem por aí do seu consultório financeiro. “Vamos crescer muito nos próximos anos”, garantiu. Ele quer impactar o maior número de pessoas com suas orientações, quer vender seus livros, fazer muitas palestras e transformar a vida das pessoas.

Acredito que quando as pessoas tem um negócio e se esforçam, elas podem, sim, atingir o sucesso. Mas quando elas tem um propósito, Deus abençoa e prospera. Além de Jundiaí, o Pedro Braggio tem escritórios em São Paulo e Campinas. Ele me contou ainda que mantém clientes no Canadá, Polônia e Holanda, pessoas que estão vivenciando o Sistema Pedro Braggio de Reeducação Financeira e mudando de vida.

Conforme as novidades forem acontecendo,  eu vou contando pra vocês. E quem sabe, vocês também não são impactados pelos projetos que ele quer desenvolver, não é? Então, Pedro, tenha certeza de que tudo vai dar certo! Todas as suas ideias, tudo que conversamos: conte comigo!

Que Deus continue abençoando TODOS os sonhos, de todas as pessoas de bem! 😉

como não fizemos fotos do nosso encontro (percebo que sempre que o encontro é bom, a gente só aproveita e esquece de registrar), estou usando essa do curso que mudou a minha vida! Obrigada, Pedro.

 

Guardar dinheiro em casa ou no banco?

Dia 73/365:

O ‘Obrigada, estou apenas olhando volta no tempo para lembrar dos nossos avós que guardavam dinheiro debaixo do colchão (literalmente).  Apesar deste hábito não ser mais tão comum e nem rentável, ainda existem pessoas que preferem guardar dinheiro em casa.

Muita gente não confia nos bancos, principalmente aqueles que viveram o confisco da poupança pelo então presidente Fernando Collor de Mello, em 16 de março de 1990. Lembra dele? Um dia após tomar posse como o primeiro presidente eleito no país, de forma direta. Se a gente soubesse, não? Os nossos historiadores têm um trabalho danado para explicar a lambança que nossos políticos já fizeram com a história desse país heheh

Além dos desconfiados, há também aqueles que recebem em dinheiro e preferem mantê-lo em casa ou na carteira. Existem também aqueles que têm dívidas com os bancos e, por isso, não podem depositá-los… Estes últimos precisam resolver a sua situação o quanto antes para poder “limpar” o nome na praça.

Guardar todo o dinheiro em casa não é bom, mas ter uma reserva financeira em casa, pode ser uma boa estratégia de economia. Para fazer uma pequena reserva financeira, guarde o troco dos gastos na rua, como o do cafezinho, do pão, do jornal… Que tal fazer um cofrinho para juntar essas economias?  Coloque toda a família para ajudar a rechear o cofrinho.

Eu tenho um cofrinho para guardar moedas. Guardo o ano todo. Às vezes, me assalto e pego algumas para o parquímetro. Mas sempre dou um jeito de repor. No final do ano (já está chegando a hora), troco as moedas no comércio do meu bairro (os comerciantes adoram) e uso esta reserva para comprar um presente pra mim. Estou pensando em guardar o valor deste ano. No ano passado consegui juntar R$ 107,35. Este ano, tenho certeza de que a reserva será bem maior… heheh

Durante o curso de Reeducação Financeira, Pedro Braggio lembrou do Método dos Envelopes. Não me lembro desta época. Mas ele contou que as pessoas recebiam seus salários em dinheiro e separavam a renda em envelopes de acordo com cada finalidade. “Desta forma, ficava muito mais fácil saber quanto tinha para gastar em cada área”, explicou. E é verdade mesmo. Se você separar, por exemplo R$ 200,00 para ir a padaria durante todo o mês, vai saber que só poderá contar com aquele valor e vai controlar e acompanhar os gastos.

Engraçado me lembrar dos envelopes, pois, isso é exatamente o que faz o aplicativo do Pedro Braggio. Os próximos alunos do curso de Planejamento Financeiro 2018 vão aprender a usar o aplicativo que permite estabelecer valores para cada tipo de despesa. E, diariamente, conforme você atualiza o sistema, ele vai te informando sobre suas reservas. É muito legal e ajuda de verdade.

Desejo sorte aos próximos alunos do curso e às meninas que foram sorteadas com o desconto, que aproveitem com sabedoria. E que Deus continue NOS abençoando e nos orientando em nossas melhores escolhas. 😉

 

 

Planejamento financeiro: as vencedoras

Dia 69/365:

Hoje é dia de divulgar os vencedores da promoção do ‘Obrigada, estou apenas olhando’. Aliás, duas vencedoras: Karol Rabello e Margarida Murari, ganharam o sorteio  do Vale-Desconto para o Curso de Planejamento Financeiro 2018, com o Pedro Braggio Planejamento Financeiro.

Elas foram sorteadas na tarde deste feriado  da Proclamação da República, em que eu trabalhei arduamente desde as 8 horas da manhã. Mas ganhei pedaço de bolo da minha vizinha, então todo o esforço foi compensado hehehe

As duas vão participar e se preparar para enfrentar 2018 com as finanças em ordem. De acordo com Pedro Braggio, os participantes aprenderão conceitos e práticas sobre Reeducação Financeira, baseado no Método criado pelo educador. “Durante o curso os participantes terão a oportunidade de utilizar o APLICATIVO PEDRO BRAGGIO e sairão com seus planejamentos financeiros prontos para serem utilizados nos seus computadores, tabletes e celulares”, explicou.

Viu, gente, além de te ensinar a botar a casa em ordem, o aplicativo é fácil de usar  e vai pra onde você for. Com o aplicativo, você será capaz de acompanhar sua saúde financeira dia a dia. “Um dos grandes propósitos desse curso é vivenciar as problemáticas e os sucessos relacionados com as finanças, aprimorando conceitos e fornecendo ferramentas para tomar decisões financeiras mais assertivas”, destacou Pedro.

Quem quiser participar do curso, pode acessar o site do Pedro, no link no final deste post. O curso tem um investimento de R$ 250,00. A Karol e a Margarida vão aproveitar o curso com R$ 50,00 de desconto. Tá vendo, tô dando uma força para que elas comecem 2018 com o pé direito.

Parabéns, meninas. Esta é uma corrente do bem. Espero que vocês possam também abençoar a vida de alguém em algum outro momento de suas vidas. E que Deus continue NOS abençoando e NOS oferecendo a cada dia novas oportunidades para fazermos o bem. 😉

 

 

Link: Curso Planejamento Financeiro