Três pares de sapato e duas bolsas: R$ 115,00

Dia 311/365:

Não, não comprei nada! Não cedi à tentação e nem quebrei o meu compromisso com o “Obrigada, estou apenas olhando”.

Há 15 dias fiz uma arrumação no guarda-roupas e encontrei roupas, sapatos e bolsas para doar, para consertar e para peças para jogar fora.

E qual foi a minha tristeza quando liguei no sapateiro e ele disse que uma bolsa que gostava muito não tinha conserto? Uma bolsa verde, linda, que havia ganhado num bingo hehehe Ela estava com o couro fake esfarelando. Diagnóstico: lixo!

Separei tudo que ia pro sapateiro: duas bolsas, três pares de sapato, que, por conta de precisarem de ajustes não os estava usando mais.

Ao sapateiro ajustou os botões da bolsa marrom; trocou o cabo da bolsa vermelha (que também estava esfarelando); trocou a borrachinha do saltos do sapato preto; fez um reforço no scarpin branco e cortou o salto da sandália vermelha. E tudo por R$ 115,00.

Uau! Resultado: mais três opções de sapato prontos para usar e duas bolsas! E você? Quando um produto quebra, rasga, você joga fora ou leva para arrumar? As lojas de consertos são importantes formas de economizar.

Até panelas já consertei: tem um senhor que passa aqui pelo meu bairro pelo menos uma vez a cada dois meses consertando panelas, trocando cabos ou se oferecendo pra trocar a borracha da panela de pressão.

A nossa tendência quando algo quebra é encostar o objeto e comprar um novo. Mas, mandar consertar e continuar usando é uma forma de economizar, ou seja, fará bem para o bolso e para o meio ambiente.

Da próxima vez que pensar em comprar algo, dê uma olhadinha no seu armário: eu garanto que vai encontrar algo que só precise de um ajuste para voltar a ser usado.

Economize por você, pelo seu bolso e pelo meio ambiente. Vamos cuidar deste planeta tão lindo que Deus NOS emprestou para morar! 😉

Apenas 1 segundo

Dia 305/365:

Faltam dois meses para o fim deste desafio e tudo, com o “Obrigada, estou apenas olhando”, vem acontecendo conforme planejado, com a graça de Deus!

Mas você pode começar hoje! A sua mudança pode começar agora! Você sabia que basta apenas um segundo para mudar sua vida, seus hábitos e suas finanças?

Sim! Apenas um segundo! Milagre? Não! Eu explico!

Apenas 1 segundo é o tempo que demora para você tomar a DECISÃO de mudar qualquer coisa na sua vida que te incomode. Qualquer coisa? Sim! Qualquer coisa mesmo:

– Academia

– Emagrecer

– Guardar dinheiro

– Aprender um idioma

– Mudar de emprego

– Converter-se

Essas e tantas outras decisões que você pode tomar em apenas um segundo. É no momento de decisão que o seu destino é traçado!

Tudo começa com a sua decisão. Apenas um segundo para você decidir caminhar na direção daquilo que você quer para a sua vida!

Que tal agora? Peça inspiração de Deus. Ele vai te orientar para o seu melhor momento. Aconteceu assim comigo e posso dizer? Foi a melhor decisão que tomei na vida! Acredite, Ele está apenas esperando você buscá-lo para te inspirar a mudar a sua vida! Coloque Deus nos seus planos e desfrute de tudo de bom que vem depois! 😉

Torça pelo Brasil sem se endividar

Dia 282/365:

O “Obrigada, estou apenas olhando” entrou no clima da Copa para alertar sobre os gastos que você deve controlar neste período. A Copa do Mundo já começou, mas, para nós, brasileiros, começa amanhã! Cuidado! Com os jogos? Não, com os gastos!

É legal se reunir com os amigos, torcer pela seleção brasileira, comprar camisetas, cornetas e afins, participar de bolões, comprar aparelhos de TV maiores… Até sofás, novos as pessoas estão comprando!

O período também é importante para a economia brasileira, mas é preciso alerta-lo (a), principalmente, se você estiver endividado (a).

Uma pesquisa realizada pelo SPC Brasil e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) projetou que cerca de 60 milhões de consumidores devem realizar gastos com produtos ou serviços relacionados à Copa do Mundo.

Não estou dizendo pra você não torcer pelo Brasil, estou alertando para controlar os gastos: compre à vista, de preferência em dinheiro ou no cartão de débito. Cartão de crédito apenas para compras que cabem no seu orçamento.

Está precisando de uma TV nova ou quer uma TV maior? Não se deixe levar pelo ânimo do evento. Sempre se pergunte se realmente precisa comprar, principalmente, se a compra for de um valor mais alto como um sofá ou uma televisão.

Cuidado também com as promoções que te presenteiam com brindes, o preço do brinde, com certeza, estará embutido no valor do que você está comprando.

A Copa vai durar aproximadamente um mês! Avalie se vale a pena se endividar para além do evento. Espero que Deus NOS ajude: olhando pela seleção brasileira e por nós! Que consigamos NOS conter com os gastos! Vai, Brasil! 😉 🇧🇷

Aprendizado que vem do outro lado do Atlântico

Dia 279/365:

Minha mãe sempre dizia que as pessoas aprendem pela dor ou por amor. “Feliz daquele que aprende por amor”, alertava ela com sabedoria. E é verdade né, gente? Quanto aprendi nestes últimos meses e foi tudo por amor. Amor à minha paz e tranquilidade…

E o que venho aprendendo tem ajudado as pessoas aqui no Brasil e no exterior. Uia, que legal né? Minha prima Marilza, que mora na Itália, é uma das acompanhantes assíduas do blog. A amiga Djanira Rosseto que mora na Alemanha, também acompanha, diariamente os meus aprendizados. E no domingo, descobri que um querido, da época da faculdade de jornalismo, na PucCampinas, o Eduardo Gregori, também vem acompanhando.

E olha só a declaração dele: “Aprendo muito” e emendou, me deixando mais feliz ainda: “Pensei tanto em você, querida! Nunca seu blog fez tanto sentido pra mim!”, deixou como resposta num post. Ah, gente, é pra explodir de felicidade né?

Greg, como é carinhosamente conhecido pelos amigos, mudou-se, recentemente, para Portugal. E, por amor também (graças a Deus, né, Greg?) descobriu que não precisa de tanto para viver e, o melhor, está feliz da vida! “Não tenho carro aqui em Portugal, mas vou para todos os lados de barco, trem ou metrô: são muitas opções”, enumera. “Precisei sair da minha cidade (Campinas), e do meu país para descobrir que a gente pode ter uma vida mais simples, viver com menos e ser ainda mais feliz”, analisa.

Em Portugal, Greg está mantendo seu blog Eu por aí e discotecando na noite. Ele é DJ, gente! Só festa, que maravilha hehehe. “Ando muito a pé, conhecendo a cidade, os lugares e reconhecendo a cidade como minha”, conta, orgulhoso.

Ele e o marido moram em Barreiro, na margem Sul do Rio Tejo e, de barco, em 15 minutos estão no centro de Lisboa. “Escolhemos viver em Barreiro para economizar. Mas, aqui, desfrutamos da tranquilidade de morar fora de um grande centro, mas com as facilidades de transportes é como se estivéssemos lá”, garante.

Consumo consciente – Além da economia para morar, ele contou que vem economizando nas compras no supermercado também.  “Fazemos compras com nossas próprias sacolas e aqui, fica muito claro o desperdício de alimentos, por exemplo, que temos no Brasil. Hoje, vivemos num país com uma economia estável e que não precisa estocar alimentos em casa por medo dos preços, da inflação…”, compara.

Para a viagem Greg teve que desapegar de parte do seu guarda-roupas. Escolheu o que levar e doou o restante, os eletroeletrônicos, principalmente. E, para o Velho Mundo levou, basicamente, roupas, calçados e documentos. “Saiu com a roupa do corpo”, como diria minha avó heheh

Esta é a segunda vez que ele se desapega de suas roupas. A primeira foi quando emagreceu 60 kg. Sim, minha gente, ele é um case de sucesso e superação. E agora para a viagem. “A gente consegue viver com menos: a gente só precisa decidir! Aqui, a casa funciona, a vida funciona e estou muito feliz em descobrir isso: parei de sofrer pelo que não tinha e comecei a aproveitar tudo o que tenho”.

Ah que orgulho, gente! Fico feliz em ver que o “Obrigada, estou apenas olhando” está ajudando de alguma forma. Também foi uma oportunidade para conversarmos, a entrevista foi via WhatsApp. Santo, WhatsApp hehehe

Hoje, Greg está ocupando seu espaço e se sente a cada dia mais confiante e certo de sua escolha. E, andando como morador pelas ruas de Barreiro ou Lisboa, ele se sente parte da cidade que escolheu viver por amor.

Este é o segredo, gente! Quando a gente aprende a viver com menos, descobre que a vida pode ser menos estressante, mais simples e melhor aproveitada. Você passa a valorizar as pequenas coisas como andar pelas ruas, e até deixa de se importar porque não tem um lustre bacana na sala. Coisas de quem atinge um outro patamar de vida… Espero que a história do Eduardo Gregori possa te inspirar de alguma forma. Espero também que possa sorrir ao ler este post, tendo a certeza de que ele venceu!

Obrigada, Greg por compartilhar conosco sua história e este novo momento. Desejamos que Deus continue abençoando esta nova fase com amor e muito trabalho e que vocês possam aproveitar tudo com sabedoria e saúde. 😉

Existe a boa compra?

Dia 270/365:

Claro que sim! E não é difícil comprar bem! Hoje, botei o “Obrigada, estou apenas olhando” debaixo do braço e fui comprar um presente. Calma, não foi pra mim, foi de aniversário de uma amiga!

Levei o blog junto para não correr o risco de esquecer nenhuma das dicas para não gastar além do necessário heheh E vou dividir com vocês tudo que vivi hoje.

Antes de ir às compras, avalie algumas questões: o que você está pensando em comprar é realmente necessário; você se lembra de pesquisar preço em diversas lojas; avalia as formas de pagamento e pede desconto?

O que comprar? Quando decidir pela compra procure avaliar se cabe no seu orçamento. Não foi um presente que comprei heheh Tá mais pra lembrancinha, pois, era o que cabia no meu orçamento.

Porquê comprar? A minha compra teve um motivo justo: aniversário de uma amiga. Estou nessa, só com motivos justos, caso contrário é supérfluo. Cuidado com os motivos que te levam às compras. Precisa repor algum eletrodoméstico, verifique se tem conserto! Vai contratar algum serviço? Veja todas as opções disponíveis no mercado.

Onde comprar? Verifique as lojas físicas e as de e-commerce. Existem alguns aplicativos que te devolvem dinheiro para comprar online. Vale a pena aproveitar para comprar e ainda ter uma graninha de volta. Faça pesquisa e compre nas lojas que oferecem desconto para comprar à vista! Sempre à vista: nosso eterno mantra. Como o aniversário é amanhã não foi possível comprar pela internet, mas consegui desconto e paguei à vista!

Viu só como fica fácil se você para e avalia antes de sair desembestada para as compras? Que este exercício antes de sair à compras te ajudar a comprar com mais consciência e gastar menos, já fico feliz!

E que Deus continue NOS abençoando e NOS protegendo, todos os dias, em todos os momentos (mesmo quando saímos para comprar) hehehe 😉

Vamos conversar sobre finanças lá em casa

Dia 263/365:

Conversar sobre finanças deveria ser tão tranquilo e transparente como conversamos sobre filmes, novelas… Política, religião e futebol não, porque dá briga heheheh

O “Obrigada, estou apenas olhando” já orientou sobre a importância de conversar com sua família sobre as finanças: maridos e esposas precisam saber quando ganha um e outro. Só assim será possível dividir as despesas de maneira que não sobrecarregue um ou outro.

Por outro lado, homens e mulheres têm medo de abrir para o seu cônjuge quanto ganham por mês por medo de ser cobrado ou ainda ser monitorado.

Não sou casada, mas fico aqui pensando na parceria entre marido e mulher e a questão financeira precisa fazer parte desta parceria. A mulher, sem medo do marido vigiar seus gastos extras em lojas ou no salão; e o homem, sem medo da esposa ou dos filhos pedirem dinheiro.

Pare com esse medo e envolva todos da família no planejamento financeiro da sua casa. Assim, você conseguirá viver, sem dúvida, com mais qualidade e reduzirá, sensivelmente, os níveis de estresse.

Evite crises conjugais! Esse é um pequeno passo para estabelecer a confiança. Vamos derrubar essa barreira!

Conversar sobre finanças em família vai deixar o ambiente mais saudável!

E a harmonia no lar é tudo que Deus quer para as nossas vidas! Se ficar apreensivo (a) na hora de iniciar esta conversa, peça a orientação de Deus: Ele vai te ajudar! Assim como nos defende, orienta e inspira todos os dias, em todos os momentos. 😉

Vença o vazio da alma

Dia 240/365:

Prosperidade vai muito além do que ter um monte de dinheiro. Com o “Obrigada, estou apenas olhando” pude perceber isso.

O que promove a sua prosperidade é o seu estado de espírito, ou seja, ela vem de dentro para fora e não o contrário, como muita gente pensa. Dessa forma, cai por terra aquela máxima sobre ter para ser feliz!

E é esse pensamento do ter que traz vazio para a alma. Já me senti assim em algumas fases da minha vida e a minha fé me salvou em todas elas.

Comprava pra preencher essa falta de algo. Acredito que você já tenha se sentido assim, mas a alegria de uma nova compra dura até chegar em casa com as sacolas ou até a chegada da fatura hehehe

E logo vem a vontade de comprar de novo e de novo e de novo. Abarrotar o armário com peças que você pouco ou quase nunca usa e se sentir vazia…

Percebi, agora, com quase 9 meses sem compras, que as supérfluas apenas desgastam as energias daqueles que se endividam sem planejamento.

Para preencher esse vazio, a dica é encontrar um propósito para a sua vida, para a sua prosperidade:

1) Comece a limpar o lixo da sua mente e liste suas prioridades;

2) Antes de desejar o dinheiro, liste as coisas que você conseguirá fazer com ele;

3) Antes de desejar um relacionamento, liste o que vão proporcionar um ao outro;

Assim, chegamos ao que de fato a sua alma pede e o que vai preenchê-la: sentimentos, realização, o que lhe dá prazer, à materialização do Espírito e à verdadeira prosperidade. Que Deus continue nos abençoando em todos os momentos. 😉