O poder da empatia

Dia 239/365:

Hoje é dia de comemorar. A página do Facebook do “Obrigada, estou apenas olhando” superou os 900 seguidores e estou muito feliz e agradecida. Já conhece a página? Não? Curte lá!

O mais legal é que todas estas curtidas aconteceram organicamente, sem impulsionar, sem investir. Os amigos curtiram, compartilharam e a página vai ganhando mais seguidores.

É um trabalho  de formiguinha. De vez em quando eu chamo um seguidor/amigo no messenger e peço, com educação e simpatia, para que convidem seus amigos para curtir a página. Não posso gastar, né, gente, vocês estão cansados de saber e, por conta disso, conto com a ajuda e gentileza de todos que já se transformaram em verdadeiros amigos.

É o poder da empatia: a arte de se colocar no lugar do outro, entender as suas dores, angústias, aflições, necessidades e ajudar.  É um antídoto poderoso para esses tempos de individualismo e uma ferramenta eficaz para uma vida melhor. Gente, a empatia tem o poder de mudar o mundo! Não acredita? Eu sim e muito!

Por viver as dificuldades da falta de dinheiro e o drama de não ter como pagar uma dívida grande e que surgiu de um imprevisto, fica mais fácil entender a falta que faz o planejamento e uma vida financeira regrada e saudável.

Espero que tudo que estamos passando juntos esteja servindo de alguma forma para ajudar aqueles que acompanham o Facebook e o NOSSO blog.  Que possamos cada vez ser mais empáticos uns com os outros, ouvir, entender e se colocar na dor ou na alegria do outro e ajudar, comemorar ou, simplesmente, silenciar.

Hoje postei uma arte com todas as imagens das entrevistas que dei ao longo destes duzentos e trinta e nove dias. As pessoas curtiram, comentaram, compartilharam… Uma das mais fieis seguidoras, a Elisete, escreveu assim:

Eu estou bem aí no meio! Lutando a cada dia pra sair do sufoco e conseguindo! Graças a você e sua página! Deus abençoe seus sonhos! (…) Sozinhos não somos nada, mas juntos num só pensamento somos mais que vencedores com Deus comandando tudo através da Sua palavra que não falha! Boa sorte pra você e todos nós!

Ah, gente, lindo isso né? Fico feliz porque tenho os melhores seguidores! Sim, Elisete, seremos vencedores, pode acreditar, com a graça de Deus. Na foto deste post é a mão da minha mãezinha… Este é o sentimento que me toma neste momento: dar as mãos e ajudar… Sempre!

Acredito que Jesus Cristo tenha sido a figura mais empática da história. Ele vivia a dor das outras pessoas e, por isso, as ajudava. Elas acreditavam e eram curadas. Que coisa linda! Que Ele possa continuar NOS curando, NOS abençoando em todos os momentos da nossa vida. 😉

 

 

Faltam 300 longos dias…

Dia 65/365:

Faltam apenas 300 dias, ou seja, o ‘Obrigada, estou apenas olhando’  já superou mais de 2 meses. E, neste tempo, as idas ao shopping para almoçar diminuíram drasticamente: para evitar a tentação e, consequentemente, o sofrimento.

E, apesar desta abstinência, estou feliz! Feliz por inspirar mais pessoas sobre o consumo consciente. Feliz por conseguir divulgar este desafio. E, até tenho uma ótima notícia: na próxima semana, estarei em Campinas, com estudantes de jornalismo, pra falar sobre este propósito…

Daqui para a frente são 300 longos dias… Longos, porque, não estão sendo fáceis. Não posso mentir pra vocês. Não posso fazer média e dizer que estou bem e tirando de letra: não está sendo fácil! Nossa relação deve ser de transparência e dolorosa sinceridade.

Sinceridade sem medo de ser julgada. Sim. E sabe por quê? Por que estou firme com minha decisão, convicta deste desafio e consciente da minha responsabilidade de falar a verdade. De orientar, dar bronca, aconselhar e ser sincera…

E tá difícil, por que são mais de dois meses renegando o que eu fazia de mais divertido: comprar! 65 dias é um tempo razoável se comparado com outras situações. Imagina, com dois meses, um bebê já começa a sorrir para as pessoas. Olha só que tempo significativo! Incrível!

Esta comparação do bebê sorrindo com a minha situação fica até engraçada quando me lembro que eu saía das lojas com o sorriso aberto, balançando a cabeça, feliz da vida. Hoje, 65 dias depois, eu continuo sorrindo… Mas tá quase de nervoso… hahaha

Estou direcionando minha atenção ao blog, às pesquisas, aos estudos e ao trabalho. E encontrando diversão em meio a tudo isso. E o Espírito Santo tem me orientado neste sentido. Que DEUS continue NOS inspirando a aproveitar melhor cada oportunidade, cada dia, cada situação.

E, com relação às lojas, eu não entrei mais. Em frente às vitrines, paro, cobiço e passo… 😉