Endividamento cíclico, você padece desse mal?

Dia 292/365:

Vira e mexe você está endividada (o)? Consegue pagar as contas atrasadas, guarda dinheiro, e depois de um tempo, se descuida e volta tudo à estaca zero? Antes do “Obrigada, estou apenas olhando” passei por isso e vou te contar como sai!

Se isso já aconteceu com você ou está acontecendo neste momento, você sofre de um mal conhecido como endividamento cíclico.

Imagine a situação: não importa o quanto faz ou se esforça, você acaba cedendo à tentação e usando a reserva financeira para uma compra supérflua, mas aí acontece um imprevisto que acaba te endividando.

Lei de Murphy? Não! Falta de prioridade, planejamento e foco! Você se descuidou do controle financeiro, deixou seus sentimentos falarem mais alto e se deixou levar pelo impulso, pela emoção.

Muitos podem ser os fatores que te levam a isso, mas uma coisa é certa: você só vai encontrar uma saída quando quebrar esse ciclo!

E como fazer para quebrar esse círculo vicioso? Mudando seus hábitos! O medo de cair me rondou, logo no início deste desafio. Cheguei a pensar “E se eu não aguentar? Vou voltar a ser como era antes?” Me agarrei à minha fé para afastar a insegurança e foquei em ter uma reserva financeira. Deu certo!

Hoje há poucos meses do fim deste desafio, a meta está quase cumprida. E estou orgulhosa do meu propósito, da força de vontade e da resiliência que me acompanhou neste tempo de mudança e transformação.

Você só precisa de foco e determinação. Abra mão de alguns gastos, tenha consciência do que pode fazer e, principalmente, do que não deve fazer. Assuma para os outros e para você mesma (o)! Fale em voz alta: ouça a sua determinação e Deus vai te abençoar porque conhece a sua vontade de vencer! Xô, dívidas! Xô, vida financeira capenga! Que venha vida nova! Que venha prosperidade! 😉

Feliz no presente, poupando para o futuro

Dia 274/365:

O ‘Obrigada, estou apenas olhando’ quer saber:  você acredita ser possível viver (feliz) o presente e, ao mesmo tempo, poupar para o futuro? Sim é! E eu vou te explicar como.

Imagine ter liberdade para fazer escolhas que lhe permitam aproveitar tudo que a vida tem de bom e ser feliz. Imaginou? Agora, some a isso conseguir guardar dinheiro para imprevistos, controlar suas finanças e ainda programar um futuro mais tranquilo, financeiramente falando. Seria a glória, não?

Tudo isso é possível. Eu ainda estou na fase de controlar as finanças e guardar dinheiro para imprevistos. Uma vez que não estou podendo gastar com supérfluos (e supérfluos leia-se passeios, viagens, compras). Se bem que você se lembra que não abro mão do cineminha né?

Você sabe também que o meu tratamento de choque com o desafio de ficar um ano sem compras foi uma medida drástica, porém, necessária. Mas o controle financeiro não precisa sufocar suas possibilidades de aproveitar a vida. A gente não precisa trabalhar apenas para poupar. É mais ou menos isso que estou fazendo, mas foi preciso para aprender.

Faz parte do bem-estar financeiro usufruir do dinheiro que você ganha. É só aprender a fazer isso de modo que não comprometa o seu orçamento. Administrar o dinheiro faz toda a diferença. Você sabia que segundo o SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito), apenas 12% das pessoas têm condições de aproveitar a vida e a culpa, segundo alegam, é a forma como administram o dinheiro que ganham?

Mas, pensa comigo, desfrutar o presente está relacionado apenas com dinheiro ou bens materiais? E para mudar essa situação, você precisa viver de bem com as finanças não é só ter dinheiro sobrando no bolso, mas saber investir para assegurar o futuro, aproveitar o presente e poder lidar com imprevistos a qualquer momento. Como? Assim ó:

Proteja-se contra imprevistos: esteja preparado, pois, eles acontecem. Poder contar com uma reserva própria, nesses casos, evitará muitas noites em claro. Reserve parte das suas receitas, todo mês. Faça disso um hábito e quando menos esperar, estará poupando sem sofrimento.

Controle sobre as finanças: você controla suas finanças ou elas te controlam? Muita gente tem medo que o dinheiro acabe ao longo do mês. Se você vive neste dilema, precisa se libertar e fazer o seu dinheiro trabalhar para você. Confronte-se com a sua realidade. Viva de acordo com seus padrões financeiros, coloque na ponta do lápis, numa planilha ou aplicativo, todos os seus gastos e ganhos. Estabeleça prioridade e corte gastos.

Sonhe e trace metas: sonhar apenas não vai te levar a lugar nenhum. Você precisa ter metas. E qual a diferença? A partir do seu sonho, planeje o que quer, em quanto tempo e quais recursos para conseguir. Não, não é simples! Mas é possível! E eu sei que você vai chegar lá! Só tomar a decisão! Agora! Vamos?

Que Deus abençoe sua vida, seus sonhos, suas metas e estratégias para chegar lá! Lembre-se Dele e também daqueles que precisam. Comece a incluir em seu planejamento financeiro uma ajuda ao próximo, que às vezes pode estar bem mais perto do que você imagina 😉

Pare de cavar

Dia 262/365:

Com um patrimônio líquido de US$ 83 bilhões, o investidor e filantropo americano Warren Buffet aconselha a parar de cavar se você estiver no buraco. E o “Obrigada, estou apenas olhando” quer entender melhor esta orientação.

Se a sua atual situação financeira só lhe traz preocupações, está na hora de parar o que está fazendo e mudar o rumo da sua vida.

Se você está com dívidas, gastando o que não pode e o que não tem, pagando o mínimo da fatura do cartão de crédito, chegou a hora da virada. Pare de cavar! Pare com os hábitos ruins que te afundam cada vez mais.

Embora seja doloroso sair deste círculo vicioso, você precisa! Tenha coragem de olhar para a sua situação e admitir que da forma como está não é possível continuar. Como aconteceu comigo em 2017!

7 de setembro foi uma data emblemática. Além de ser a independência do Brasil, marcou a minha independência de uma vida de gastos, de pensar em nada, de querer tudo agora!

E hoje, quase um ano depois, posso dizer, sem sombra de dúvidas, que parei de cavar e encontrei um novo caminho. Um caminho em que consegui transformar a alegria em gastar (embora equivocada e passageira) em guardar dinheiro, esta duradoura e, realmente, saudável!

E o melhor de tudo isso é poder estar aqui com meus insights pra te ajudar a encontrar os seus! Semana passada participei do programa Acesso Geral, da TV TEC, aqui em Jundiaí. E fiquei muito feliz por mostrar para as pessoas que é possível mudar de vida e colher os frutos, a partir da decisão que tomamos e dos esforços que empenhamos.

Fácil não é, principalmente, nos primeiros 90 dias (período crítico), tempo para colocar tudo no lugar. Veja, as correções não vão acontecer da noite para o dia, mas a sua decisão, sim! Decida HOJE parar de cavar! Decida HOJE mudar os rumos da sua vida e encontrar um caminho melhor para você e sua família!

Você pode! E enquanto você lê este texto, estou aqui pedindo a Deus que te abra os olhos pra entender que este é o SEU momento! Aproveite! Se não hoje, fique em paz, amanhã estarei aqui novamente, escrevendo pra mim e pra você! Orando por mim e por você. Que Deus NOS abençoe e NOS proteja em todos os momentos. 😉

E as suas metas para 2018?

Dia 237/365:

De tempos em tempos é bom parar, avaliar as metas traçadas, corrigir as rotas e continuar trabalhando para alcançá-las. As minhas com o “Obrigada, estou apenas olhando” estão superando as expectativas e as suas como estão?

Lembra que no início do ano falamos sobre 365 novas oportunidades? Como estão as suas metas agora em maio? Outro dia vi um post do Chapolin Sincero (eu adoro ele no Facebook e no Instagram) que dizia “2018 vai ser o meu ano” e depois um cachorrinho dormindo e embaixo: Maio de 2018.

É piada, Cíntia! É pra rir! É sim, claro, mas também é preocupante, pois o post no Facebook teve mais de 41 mil curtidas. O que ele quis dizer com este piada? Que no início do ano, TODOS fazemos promessas, traçamo planos e o tempo vai passando e tá tudo parado, estamos, simplesmente, dormindo.

Não podemos deixar o tempo passar e ficar adiando as coisas. Lembra do Desafio de Poupar por 52 Semanas? Ontem, começamos a Semana 18, mas ainda tem gente dizendo ‘semana que vem eu começo’. Desse jeito, a sua vida vai passar e você não vai realizar nada, conquistar nada, finalizar nada.

Procrastinação – você sabe o que significa?Procrastinar é o ato de adiar algo ou prolongar uma situação para ser resolvida depois. Pare de adiar a sua vida e as suas metas. Faça algo por você agora!

Está difícil cuidar da sua vida financeira? Ainda não conseguiu parar para se organizar, planejar, pagar as contas em dia ou fazer o seu salário chegar até o fim do mês? Talvez seja porque você gosta de dinheiro, mas não gosta de finanças.

Você sabia que é uma necessidade entender a lógica do dinheiro? E se tentar, você vai aprender a gostar, como eu… heheh Compare com algo como a prática de exercícios físicos: no começo pode até ser uma obrigação, mas, depois que você começa a ver os resultados, a atividade se torna prazerosa.

Hoje, guardar dinheiro é o meu maior desafio e acompanhar os valores, a minha maior satisfação.

Aceite, de uma vez por todas, que é errado ‘deixar pra lá’ quando a gente fala aqui sobre planejamento financeiro. E sabe porque é errado? Por que a sua vida está ligada o tempo todo às finanças. É verdade, acompanha comigo:

  • Você trabalha e o resultado do seu trabalho é DINHEIRO
  • Para realizar seus sonhos, você precisa de DINHEIRO
  • E quando você está endividado, é porque não soube administrar o seu DINHEIRO

Percebeu? Então, meus queridos, não gostar de finanças não é desculpa. Você pode e deve aprender sobre ela e tirar o maior proveito. Já estamos em maio, faltam apenas 7 meses para o fim do ano. Está ou não na hora de tirar as suas promessas do papel e fazer acontecer?

Não importa se você ganha muito ou pouco, se você é rico ou pobre. Para você viver com dignidade, sem depender financeiramente de ninguém em sua velhice, terá que economizar e investidor 10% de seus rendimentos líquidos desde o primeiro salário. Quanto mais o tempo passa, menos tempo a gente tem.

E claro, não se esqueça de deixar Deus fazer parte de tudo isso. Avalie suas metas, coloque Deus no centro de tudo e corrija o que ainda não conseguiu colocar em prática. Faça novas listas e coloque a sua fé no topo da lista. Deus vai se agradar disso e você será recompensado. Eu garanto e Ele também 😉

O que as pessoas (bem sucedidas) pensam sobre o dinheiro

Dia 218/365:

A gente já falou muito aqui sobre o poder das nossas crenças sobre finanças. Aquelas que aprendemos na infância e teimam em continuar na vida adulta… O ‘Obrigada, estou apenas olhando que te ajudar a se livrar delas.

O livro ‘O Segredo da Mente Milionária’ de T. Harv Eker (gente, ele está no Brasil, hoje, amanhã e domingo para o Millionaire Mind Intensive‎, um treinamento que não consegui participar desta vez, o investimento era muito alto, mas não vai faltar oportunidade, tenho certeza) fala sobre isso: como as pessoas bem sucedidas encaram o dinheiro e o que pensam sobre suas finanças. 

1 – Eu crio minha vida   |   Minha vida acontece

2 – Obstáculos são oportunidades    |   Sou sempre bloqueado

3 – Eu sei como gerenciar o dinheiro   |   Tenho dificuldade em gerenciar o dinheiro

4 – Estou sempre aprendendo e crescendo   |   Já sei tudo o que preciso saber

Com quais pensamentos você se identifica? Quais precisa eliminar da sua vida? Quais precisa trabalhar para alcançar? Quantas perguntas né?

Acredito  que você já percebeu qual o lado é a forma como as pessoas prósperas pensam e aquelas que ainda não atingiram essa maturidade financeira pensam.

Mas tenha sempre em mente que à medida que nos damos conta de que a natureza é rica, abundante, generosa e próspera, fica mais fácil lembrar que fazemos parte disso também. Ou seja, então você vai encarar, normalmente, que também podemos ser ricos, prósperos e abundantes. E que tudo pode, sim, vir para nós, sem limites.

Você merece ter uma relação saudável e equilibrada com sua Saúde Financeira. Eu posso, você pode, nós podemos, TODOS podem! Que Deus continue abençoando NOSSA vida, abrindo NOSSA mente, transformando a NOSSA história, pra melhor, sempre! 😉

 

O que podemos aprender com Julius sobre finanças

Dia 215/365:

Hoje vi um post no Instagram que me inspirou a pesquisar mais sobre o personagem. Com o ‘Obrigada, estou apenas olhando’ o aprendizado é diário e a gente pode aprender sobre finanças onde menos espera… hehehe

O post era sobre o Julius Rock, pai do Chris, do seriado “Todo mundo Odeia o Cris”. Você conhece ele? É um verdadeiro pão duro controlador. Ele tem três filhos e uma esposa que se gaba por ele ter dois empregos hehehe

Ele valoriza o (pouco) dinheiro que a família tem. Ele conta cada moeda e não tolera gastos supérfluos (acho que tô meio parecida com ele). Acompanhe outras coisas que você pode aprender com o Julius:

1) Ele liga somente a cobrar: ele ligava a cobrar para família e quando a telefonista pedia para ele anunciar quem estava falando, ela já disparava a dar o recado e desligava, assim, a família não pagava pela ligação;

2) Mantra “Se não comprar nada o desconto será bem maior”: este mantra de Julius é a melhor frase da vida! Muita sabedoria neste ensinamento heheh

3) Ele usa cupons de desconto de lojas e supermercados: a gente tem hoje os aplicativos de desconto, né? Julius foi um homem à frente do seu tempo, lembrando que a série se passava na década de 80;

4) Ele sabe o preço de cada coisa: principalmente, aquelas que são desperdiçadas pela família, como comida, por exemplo. Esta é uma ótima dica sobre consumo sustentável. Se jogou fora, na próxima compra, compre menos ou prepare uma quantidade menor de alimentos;

5) Outro mantra “Em casa, é grátis”:  em quase todos os episódios ele solta esta frase “porque eu vou pagar pra fazer tal coisa se em casa é grátis?” heheh Ele é pão duro, de verdade, mas ensinou muito. E a gente assiste o seriado, ri e nem percebe os ensinamentos.

Aposto que agora você vai assistir o seriado com outros olhos. Não precisa ser pão-duro, mas seja cuidadoso com suas finanças.

Deus é bom o tempo todo. Até brincando ele NOS ensina. Acredito que todas as inspirações de post vem Dele. E que bom compartilhar tudo isso com vocês. Que Deus possa continuar nos abençoando, NOS protegendo e NOS orientando em todos os momentos e situações. Seja em Deus! 😉

“Dinheiro é bom e eu gosto”

Dia 211/365:

Hoje estive com o mentor do ‘Obrigada, estou apenas olhando’, o educador financeiro Pedro Braggio.  E, como não posso comprar e o Pedro, mais do que ninguém sabe disso hehehe, ele me presenteou com o livro “Dinheiro é bom e eu gosto”.

E o que me chamou a atenção na capa foi o subtítulo: ‘O caminho assertivo para a sua independência financeira – Sem mágicas, nem milagres’. A escolha das palavras deve ter sido cuidadosa e merece ser analisada.

Quando vemos a palavra CAMINHO já nos remete a um percurso a ser percorrido, mas apesar de ser um caminho desconhecido por aqueles que estão em uma situação financeira delicada, Pedro diz que é ASSERTIVO, isso quer dizer que esta é uma afirmação categórica. Como toda asserção, Pedro assume a responsabilidade pelo caminho que ele vai indicar.

E foi essa mesma segurança que a gente sente quando ele explica alguma coisa ou mostra como fazer. Ele mostra um caminho e assume toda a responsabilidade por ele: não tem como dar errado. Ele me ensinou, eu compartilho com vocês.

Ao longo dos próximos posts vamos falar sobre este livro. Mas para você ir se preparando, o livro vem com uma linguagem acessível: são apenas cinco capítulos e um bônus no epílogo hehehe

Acredito, fielmente, que Deus está no controle de tudo na NOSSA vida. Ganhar este livro, participar de entrevistas, me tornar colunista num jornal da região, é tudo obra Dele. E vem mais coisa boa por aí, vocês sabem que tudo que venho aprendendo compartilho com vocês, porque este é o espírito: inspirar as pessoas com o dom que Deus me deu… E a novidade que vem por aí vai por essa linha… E que Deus abençoe as novas ideias, parcerias e projetos. Que possamos testemunhar tudo de bom que Ele vem promovendo em nossas vidas. Que todos sejamos abençoados e protegidos! 😉