Fim do mês: tem dinheiro aí?

Dia 235/365:

Hoje é o último dia do mê e como está a sua conta bancária? Com o ‘Obrigada, estou apenas olhando’, a situação da minha melhorou bastante, espero que NOSSO blog esteja te ajudando também.

É possível esticar o salário e conseguir terminar o mês sem entrar no vermelho ou apelar para o cartão de crédito. Para isso é necessário fazer um bom planejamento financeiro e reeducar sua mente para as compras com o objetivo de não se endividar.

1. Analise detalhadamente todos os seus gastos. Anote tudo aquilo que comprar durante uma semana e depois observe o que foi comprado impulsiva ou desnecessariamente.

2. Registre todos os seus gastos gastos diários, incluindo o cafezinho e a gorjeta.

3. Avalie o que pode ser cortado desses gastos e passe a fazer isso de olho numa poupança para emergências.

4. Defina o seu padrão de vida com realismo, viva dentro do seu padrão, com a sua receita, seja ela individual ou familiar.

5. Separe uma quantia para poupar todos os meses e coloque em uma conta poupança assim que seu salário chegar.

6. Planeje suas compras e evite as por impulso.

7. Deixe o cartão de crédito em casa. Você sabia que a maioria das pessoas não volta para comprar quando tem a oportunidade de pensar melhor?

8. Tenha foco e metas e convoque todos em casa para colaborar.

Depois de parar de reclamar, está na hora de trabalhar para fazer o seu salário esticar e durar mais do que os fatídicos três dias. Se você tem dinheiro na carteira, agradeça. Se não sobrou, agradeça por esta oportunidade de ler este post e perceber o que pode fazer para que dia 31 de maio, você tenha. E com Deus no controle de tudo, chegamos ao fim de mais um mês, com este desafio cada vez mais perto do fim. Obrigada, Senhor, por mais um dia. 😉

Apenas um sorvete e o estacionamento

Dia 15/365:

Hoje pela manhã recebi um feedback muito bacana, da minha amiga, a também jornalista, Marília Porcari Gersiano:  “Queria te mandar uma mensagem pra falar que tô adorando seu blog! Obrigada por dedicar seu tempo a nos ajudar…”

Ah gente, fala sério, se isso não é muito legal? Saber que o que venho aprendendo com as orientações de profissionais especializados e estudando (sim, estou estudando muito sobre educação financeira e finanças pessoais, a Míriam Leitão que se cuide hehehe) está ajudando outras pessoas é muito bacana. Obrigada, Marília! Isso aumenta ainda mais a minha responsabilidade.

Diferente de mim que gosta de comprar, a Marília gosta de sair pra comer fora e se divertir. Você está vendo, não precisa ser um comprador compulsivo para desestabilizar as suas finanças… O que a gente precisa é ter cuidado. Quando me mandou a mensagem, ela lia o post sobre prioridades… E este é o segredo: ter uma meta e eleger prioridades para atingi-la é a equação mais acertada. Matemática pura!

As palavras meta e prioridade casam bem com compromisso e  foco. Eu garanto que estas atitudes vão te trazer o que você quer e não aquela senhora que bota cartaz nos postes prometendo trazer o amor em até 3 dias hehehe Foca no que é bom. Amor que já foi, deixe onde está. Como diz o filósofo, figurinha repetida não completa álbum (pausa para falar de relacionamento. Pronto, passou hehehe).

No final desta tarde visitei um shopping que não conhecia e confesso que foi uma experiência interessante. E já adianto: NÃO comprei nada! hahaha Andei pelos corredores, parei na frente das vitrines (e a moda verão tá linda, gente), olhei, olhei, olhei de novo, mas não me senti tentada a comprar.  Na verdade, percebi que tenho peças no meu armário (com outras cores, claro), que posso combinar para chegar a um efeito bem próximo ao sugerido pelas vitrines.

Mas quem está neste processo de desintoxicação de compras, precisa ficar atento, pois, os shoppings apelam feio para chamar a nossa atenção. Eles sabem ser irresistíveis.

Foi um passeio muito gostoso, descobri que é possível, sim, ir ao shopping e não gastar, além do estacionamento e de um sorvetinho (afinal, ninguém é de ferro). Dei muita risada e é isso que importa, se divertir, viu, Marília! Mas com moderação hehehe Que Deus NOS ajude.