Vamos economizar em 2019?

Durante 2018 ouvi muito sobre a dificuldade de poupar. Frases como “nossa, como você consegue?”, ou “não sobra dinheiro para guardar”…. Mas com o “Obrigada, estou apenas Olhando”, aprendi que poupar/guardar dinheiro é uma questão de decisão, a mudança tem que começar na sua mente. E, por isso que o #DesafioDas52Semanas vai continuar. Ano após ano até você decidir participar, aderir e fazer isso parte da sua vida de uma vez por todas… heheh Sou persistente!

Início de ano, melhor época para começar um desafio, fazer promessas, definir metas, traçar estratégias para chegar ao seu objetivo e por que não começar bem agora? Quer mudar de vida? Realizar um sonho… Qual o seu sonho? Quer viajar? Quer fazer uma especialização? Uma faculdade? Trocar seu carro, aparelho celular? É só sonhar e realizar!

A primeira coisa a fazer é definir quanto você vai precisar para realizar o seu sonho. E aí, você vai até a tabela (que vou disponibilizar no fim deste post) e veja com qual valor vai encarar o desafio. Se for com 1,00, ao final das 52 semanas, você terá: R$ 1.378,00. Com 2,00, R$ 2,756,00; com 3,00, R$ 4.134,00; com 4,00, R$ 5.512,00; e com 5,00, você conseguirá juntar (sem contar os juros e correção se deixar na poupança), R$ 6.890,00. Agora, se você já participou o ano passado do desafio, quem sabe ousar um pouco mais e começar com 10,00. Aí, você vai conseguir na última semana de dezembro, o equivalente a R$ 13.780,00. Legal né?

E se você precisa do ‘Obrigada, estou apenas olhando’ para encarar este desafio, nós vamos ajudar. Estaremos juntas a cada semana, numa contagem regressiva até lá.

Você sabe como funciona? Estipule um valor para início e guarde um pouquinho toda semana, seguindo uma planilha. Elaborei uma planilha que é adaptável, do lado direito você vai encontrar um espaço para preencher o valor do seu desafio. Altere ali de acordo com o valor que você vai querer começar. E aí, a cada semana, acrescenta o valor definido ao montante da última semana.  Se você começar com 5,00, por exemplo, suas semanas ficarão assim:

Primeira Semana: R$ 5,00
Segunda Semana: R$ 10,00
Terceira Semana: R$ 15,00

E por aí vai… Ao final, na última semana, você terá que guardar R$ 260,00. Por isso, avalie bem o seu orçamento antes de definir o valor do desafio. Assim, você consegue cumpri-lo até o fim.  Com o #DesafioDas52Semanas, você vai perceber que poupar é mais fácil do que você imaginava. Uma dica importante: não guarde dinheiro em casa! Guarde no banco! Em casa, a gente já conversou e você já sabe que perde os juros da poupança que, apesar de serem baixos, já é alguma coisa.

Para seguir o desafio, você vai precisar de disciplina e organização. Gastos supérfluos podem te atrapalhar nesta missão. Então, vá se policiando para não perder o foco.

Vamos começar numa quarta-feira… Então este será o dia com o nosso compromisso de separar o valor a ser guardado. Lembre-se, é um desafio semanal, mas você pode, por exemplo somar o valor do mês e depositar de uma vez só no banco.

A cada semana, além de lembrar sobre o desafio e os valores que você vai precisar guardar. Acompanhe pela página do Facebook, tá? Vai ser demais! Quem aí tá confiante? Que Deus NOS ajude: mostrando os melhores caminhos, NOS afastando das tentações com os supérfluos e NOS protegendo sempre! 😉

Baixe a planilha Desafio 52 semanas – Obrigada, estou apenas olhando e bom trabalho!

Uma conversa com Warren Buffett

Dia 325/365:

Entre os meus amigos, aqueles que apoiam e torcem pelo meu propósito, estão sempre me mandando alguma foto, marcando em postagens que remetem ao objetivo do “Obrigada, estou apenas olhando”.

Esta semana recebi, via WhatsApp, uma imagem com os conselhos sábios de Warren Buffett. Talvez você nunca tenha ouvido falar dele, mas se você quer ter sucesso financeiro, seguir os conselhos dele pode ser uma boa estratégia.

Mas quem é Warren Buffett? Fundador da Berkshire Hathaway, ele tem uma fortuna avaliada em US$ 80,7 bilhões de acordo coma Forbes. Mas nem tudo foram cifras na vida de Buffett.

Mas uma coisa é certa, apesar da família humilde, ele sabe como construir riqueza: aos 30 anos, ele já tinha acumulado seu primeiro milhão de dólares.

Se estivéssemos na presença de Warren Buffett, certamente ele nos daria alguns conselhos:

  • Sobre Ganhos: nunca dependa de apenas a fonte de renda. Invista para ter uma uma segunda fonte.
  • Sobre Compras: se você comprar coisas que não precisa, logo terá que vender coisas que não precisa.
  • Sobre Economias: não economize o que lhe sobra dos seus ganhos, mas gaste o que sobra de suas economias.
  • Sobre Investimentos: não coloque todos os ovos dentro da mesma cesta.

Acabei de comprar uma trufa de um rapaz que veio até meu portão. O dinheiro das vendas, segundo ele, é para pagar a faculdade. Alegre, simpático, disse que tinha apenas 5. Não comprei todas, apenas uma para ajudá-lo. E, sem perder a fé e esperança, ele foi tentando vender as que sobraram. Espero que consiga!

Faça como o rapaz que nem sei o nome, mas estou orando e torcendo por ele! Essa é a essência da perseverança: não desistir jamais!

Aproveite o exemplo deste rapaz e persevere! Eu tenho certeza de que você vai conseguir superar sua situação financeira. 😘

Queria uma dica para economizar dinheiro

Dia 314/365:

Hoje recebi esta dúvida de uma leitora do nosso ‘Obrigada, estou apenas olhando’. Ela me mandou uma mensagem e foi logo dizendo: “Queria uma dica para guardar dinheiro. Você acha que devo colocar uma meta mensal ou um valor total. Na verdade, preciso economizar para comprar um apartamento. Já tenho um pouco, mas preciso de mais”.

Fiquei muito feliz com a dúvida dela, que pode ser de outras pessoas também e resolvi escrever o post sobre esse assunto. Na verdade, se vocês perceberem, ela mostrou sua dúvida, fez um pedido, mas já deu a resposta.

Rapidamente, expliquei pra ela que o ideal era ter uma meta, um sonho. O sonho dela? Comprar um apartamento. Não perguntei quanto ela tinha de dinheiro guardado (o que me deixou orgulhosa) e nem quanto ela queria juntar para a comprar. Mas fiz uma simulação rápida e chegamos a alguns números:

– Suponhamos que ela tenha R$ 20 mil guardados e queira juntar mais R$ 20 mil para dar de entrada no apartamento. Esta é a meta: o sonho a ser realizado.

– Depois da meta estabelecida, expliquei que é preciso definir o prazo para atingir esta meta e traçar a estratégia para chegar lá. Assim, se ela quer comprar um apartamento em 2020, ou seja daqui dois anos, ela terá 24 meses para guardar R$ 20 mil. Desta forma, ela vai precisar guardar R$ 834,00 por mês até lá.

– Sugeri que ela defina esse valor como se fosse uma conta a pagar. E, para não correr o risco de não depositar em algum mês, colocar na transferência automática.

Mas é preciso ter disciplina e organização. Orientei também a baixar a planilha de planejamento financeiro para que ela consiga enxergar todas as suas despesas e, assim, encontrar meios para reduzir e cortar pequenos gastos supérfluos.

Precisa estabelecer prioridades. Você pode até colocar no cartão de crédito ou no talão de cheques, bilhetes com a seguinte mensagem: “Antes de gastar, lembre-se do apartamento que você quer comprar”. Vai ficar uma forma lúdica de encarar este desafio e, por conta disso, mais fácil de cumpri-lo.

Vai dar certo, Tata! No final da conversa ela agradeceu e deixou uma mensagem carinhosa “Que o seu dinheiro multiplique sempre”. Uia, legal! Amém, pra todos NÓS! Eu, ela e vocês, meus queridos, que estão aqui, todos os dias, acompanhando, torcendo e participando comigo desta contagem regressiva que está chegando ao fim, com a graça de Deus. 😉

Amanhã começa a 15ª edição da Feira do Imóvel, Construção, Condomínios, Arquitetura e Decoração (FEICCAD), em Jundiaí/SP. Uma oportunidade para a Tata ou para qualquer outra pessoa que esteja em busca de realizar o sonho de morar bem. A foto é do empreendimento “Altos da Samuel Martins”, da Construtora Santa Angela, que estará em exposição na Feiccad.

Novos hábitos que trazem economia de verdade

Dia 264/365:

Eu sei, você sabe, todo o mundo sabe: mudança de hábito é difícil, leva tempo, mas traz resultado. Como na academia, você pode até não gostar de ir, mas quando começa a ver resultados ou as pessoas começam a te elogiar, você se empolga, não é assim?

Comigo aconteceu desta forma. O meu tratamento de choque em parar de comprar foi, literalmente, da noite (de 7/9/17) para o dia (8/9/17) hehehe e aí nasceu o “Obrigada, estou apenas olhando” e o resto vocês já sabem.

Mas o que não me canso de contar é que foi difícil no início, mas quando os resultados começaram a aparecer (guardar dinheiro) me empolguei e hoje, depois de pagar as contas, esta é a prioridade!

Mas não deixei de fazer as coisas que gosto, apenas diminui a periodicidade, como almoçar fora (apenas uma vez por semana), ir ao cinema ( duas vezes ao mês) e tomar cappuccino na Kopenhagen hehehe (boba nada né?) Toda vez que almoçava, tomava um cappuccino, mas agora diminui para duas vezes ao mês!

Ah, outra atitude que mudei foi a manicure. Fazia as unhas semanalmente. Aprendi a fazer sozinha e agora eu mesma cuido das minhas unhas. Demora quase duas horas, às vezes me estresso um pouco na hora de limpar, mas vem dando certo heheh

Mas estes gastos estão nas despesas semanais e dentro de um orçamento para tal. Almocei, fui ao cinema ou tomei um cappuccino, vou lá na planilha e debito. Simples assim.  Lembre-se:

Foque nos resultados: e não no que você está deixando de fazer. Pegue o dinheiro que está deixando de gastar e guarde. Com o passar do tempo e as mudanças trazendo resultados, você vai conseguir visualizar melhor seus sonhos e, assim, fica muito mais fácil aceitar as mudanças. E quando percebe já incorporou no seu dia a dia.

E assim seguimos, economizando aqui e ali, guardando dinheiro, reduzindo as contas, ajudando as pessoas que precisam, doando o que não nos serve mais e agradando a Deus com estas atitudes. Sim, meus amigos, Ele se agrada de nossos bons hábitos. Lembre-se, quando Ele passa a fazer parte, realmente, de NOSSAS vidas, não tem como não mudar a NOSSA maneira de ser. 😉

 

Você sabe por que o porquinho virou cofre?

Dia 191/365:

Sempre ao publicamos o Desafio 52 semanas, usamos a imagem de um porquinho e hoje o ‘Obrigada, estou apenas olhando’ recebeu um questionamento sobre o porquê do porquinho ser o símbolo da poupança, de guardar dinheiro.

Preparem seus porquinhosss! Cíntia, acabou de me surgir uma curiosidade e não vou buscar no google pois pode ser tema de um artigo seu: Por que um porco é usado para representar questões financeiras e de economia? Não poderia ser uma Vaca? Uma galinha, um hipopótamo…

E por conta desta encomenda, fomos pesquisar, porque, sinceramente, nem eu sabia o motivo. Isso é bom né? Faz a gente aprender mais. A pergunta foi feita pelo Renato Xavier, CEO da Epicentro Digital, fiz um curso de facebook lá, aprendi muitão!

Existem várias teorias sobre o motivo do porco ter sido escolhido para representar o ato de guardar dinheiro. Pensou num cofrinho, lá vem o porquinho na cabeça. E muita gente usa o porquinho cor de rosa (por conta da cor do presunto hummm) para guardar dinheiro. Inclusive, é costume presentear crianças com este tipo de cofrinhos.

Uma das teorias data do século 16. Naquela época, os europeus que não tinham condições de comprar utensílios domésticos de metal, por conta do alto custo, usavam os de argila barata, chamada pygg clay. Estas mesmas pessoas também já tinham o hábito de guardar dinheiro (veja só que belezinha) e usavam vasilhas feitas com esta mesma argila. E, com o tempo, estas vasilhas passaram a se chamar pygg bank. Mas até então não tinham nada a ver com o formato de porco.

Historiadores dão conta que uma vez, um artesão, que não conhecia essas vasilhas, recebeu uma encomenda para produzir um pygg bank. Ele não sabia ao certo o que teria que moldar e, por conta disso, criou um cofre no formato de porco. Para quem ainda não sacou, a grafia pygg é parecida com porco em inglês pig. Sem querer, ele criou o primeiro cofrinho de porco devido uma confusão de palavras.

Outra teoria está relacionada ao calendário chinês, no qual o porco é conhecido como um símbolo de fartura. E, de acordo com as crenças deste povo, eles criaram um cofrinho de argila, no formato de porco para presentar as pessoas com riqueza e prosperidade.

Alguns ainda acreditam que o engenheiro francês Sebastian la Pestre seja o pai da ideia do porco como símbolo da multiplicação. De acordo com Pestre, em dez anos, uma leitoa chega a produzir seis milhões de filhotes. Gente, se a ideia é guardar dinheiro para multiplicar, melhor usar mesmo um símbolo que remetesse a todo esse poder, imagina, 6 milhões em dez anos…

Pena que os porquinhos que temos em casa não rendem. O dinheiro entra e fica parado hehehe A menos que você continue colocando mais e mais e mais…

Para quem também  não sabia estão aí as histórias de porquinhos, cofrinhos… Eu guardo minhas moedas numa lata de bombons. Fiz um rasgo na tampa, para lembrar um cofre e vou colocando as moedas lá dentro… Como já contei aqui, adoro o barulhinho delas batendo umas nas outras.

Gente, espero que o seu fim de semana esteja sendo bastante proveitoso. Eu já trabalhei, já produzi e já ganhei dinheiro. Agora vou alimentar a alma, estou indo para a Escola Bíblica. Aprender nunca é demais, sobre qualquer assunto, mas sobre Deus é maravilhoso! Que Ele NOS abençoe, NOS proteja a cada dia em todos os momentos. 😉

Pare de reclamar. Comece a agradecer!

Dia 145/365:

A cada dia, me esforço mais para ser uma pessoa melhor… Com o ‘Obrigada, estou apenas olhando’ descobri que a empatia é uma característica que precisa estar presente, por aqui, todos os dias… Respeitar o tempo e as limitações de cada um. E, diante desse exercício diário também me esforço para reclamar menos. E até tento mostrar para as pessoas o quanto é chato ficar ao lado de alguém que só tem palavras negativas, só consegue ver o lado pessimista das situações… Gente, temos que parar de reclamar e começar a agradecer.

Nossos pensamentos moldam o que somos. Então, se a gente quer que a nossa vida mude, temos que mudar a nossa forma de pensar, de encarar as situações, de absorver as coisas que nos acontecem.

Você pode estar pensando: do que ela está falando? Não tem nada a ver com economizar, poupar, ou se reeducar financeiramente. Gente, tem tudo a ver. Se você olha esse blog e  sempre pensa ‘Não consigo poupar’ ou ‘Não sobra dinheiro para guardar’, sai da página e vai procurar outra coisa mais fácil pra fazer, melhor rever suas atitudes.

O  negócio é parar de reclamar que não consegue, que não dá e tentar fazer. Já tentou pra saber se é possível? Reclamar é uma escolha e como tal, você pode decidir não fazer. Simples assim.

O mais engraçado é que quando você diz ‘não sobra dinheiro para poupar, porque ganho pouco’. Você está se isentando da responsabilidade de poupar. Você não está fazendo por que outra coisa está te impedindo: o fato de ganhar pouco. Em outras palavras, você está se fazendo de vítima. Pare de se lamentar diante da vida e comece a agir. Mude a sintonia e passe a agradecer pelo seu trabalho, pelo seu salário, pelas suas contas pagas todos os meses e, principalmente, pela oportunidade de guardar dinheiro.

Novos hábitos

Que tal inserir 3 (só três) novos hábitos na sua vida? Escolha coisas que você não faz e passe a fazer. Parar de reclamar pode ser uma delas. Imagina, faça um desafio de ficar 7 dias sem reclamar… hehehe O desafio vai te ajudar a ir se acostumando com bons pensamentos.

Um dos meus desafios é ler a Bíblia e para ajudar a igreja que congrego lançou um diário que nos ajuda a fazer a leitura e ainda terminar de ler a Bíblia, de capa a capa, em um ano. Estou me policiando também para ir à academia todos os dias, no horário que der. O ano passado eu tentei fazer da academia uma rotina diária num horário específico, isso começou a inviabilizar a prática de exercícios. Como vi que não deu certo, me adaptei e agora tenho das 6 às 22h para ir à academia. Assim, surge uma brecha na agenda, eu corro para os meus halteres e anilhas… hehehe

O terceiro desafio vou começar agora: parar de reclamar e agradecer mais! Rogo a Deus que continue NOS abençoando e NOS mostrando, a cada dia, mais e mais motivos para agradecer: pela nossa vida, pela nossa saúde, nossa família, nossos amigos, nossos trabalho… Uau! Quanta coisa para agradecer hoje! Façamos sempre o nosso melhor 😉