Compre sem se arrepender

Algumas lojas chamam de Black Friday (que acontecerá no próximo dia 23), outras aproveitam a semana toda e lançam a Black Week e tem as mais ousadas que divulgam a Black November… Mas o ‘Obrigada, estou apenas olhando’ está atento aos preços e às compras para que elas aconteçam sem arrependimentos.

Quase pirei no fim de semana heheh Você já olhou para algum cômodo da sua casa e decidiu que precisava mudar tudo? Pois é, eu vivi isso no início deste fim de semana prolongado. Ficar em casa descansando e fuçando acabou desencadeando a vontade de mudar.

Fiz muita pesquisa na internet, entrei em lojas e mais lojas de móveis: imaginei mil e uma maneiras de mudar, de atualizar a decoração do quarto… Aí, a empolgação chegou na sala e já imagina né?  Comecei a fazer contas, a pensar em parcelar as compras e aí me questionei como o Pedro Braggio, educador e terapeuta financeiro ensinou: “Eu quero, eu preciso ou estou surtando?”

E descobri, claro, que estava surtando hehehe Parei. Pensei. Avaliei e decidi não comprar. Num dos quartos da minha casa (aquele que minha mãe ocupava), um guarda-roupas antigo ainda está lá, ocupando espaço e meio capenga. A ideia era me desfazer dele. Comecei a fazer uma limpa: jogar fora papéis guardados há muito tempo, coisas ainda da faculdade, contas antigas pagas há mais de 5 anos e por aí vai. Já imaginou a limpa né?

Mudar é legal, mas quem disse que precisa gastar ou comprar. Às vezes, trocar um móvel de lugar já faz toda a diferença. E é o que venho fazendo. Então, diante da vontade de comprar móveis novos pra casa, comprei apenas uma sapateira com espelho grande (para me ver de corpo inteiro) um acessório que não tinha no meu quarto e que vai dar um charme a mais para o cômodo.

Ao invés de trocar o guarda-roupas do meu quarto, rearranjei as coisas, ganhei mais espaço para guardar roupas de cama, banho, sapatos, bolsas e malas. E esta pequena mudança significou muito por aqui. Legal né? Amanhã vou comprar umas caixas organizadoras para deixar as prateleiras do guarda-roupas que acabou de ganhar uma sobrevida ainda mais simpáticas e tenho certeza de que vai ficar tudo lindo e organizado. Tô feliz!

Voltando a Black Week… Vocês se lembram que eu estava querendo comprar uma máquina fotográfica? Pois é. Comprei, perdi o medo e investi num acessório que vai ajudar a minha vida profissional, melhorar a minha performance com as fotos de reuniões e eventos promovidos pelos meus assessorados.

Enquanto pesquisava no início da semana passada, encontrei no site da Canon, o espaço para me cadastrar e receber as ofertas em primeira mão. Hoje, entrei no site, com o acesso enviado por email pela loja da marca e consegui fazer um ótimo negócio. Pelo valor que encontrei em outros sites especializados em material fotográfico, comprei uma máquina e duas lentes e estou muuuuuuito feliz. Quando o equipamento chegar, mostro pra vocês.

Antes de comprar, liguei para dois amigos fotógrafos que me orientaram, aconselharam e incentivaram a aproveitar o preço e a promoção. A loja oferecia duas opções de pagamento: em até 12 parcelas, claro que com juros, e à vista, com boleto bancário e desconto. Boleto pago com a minha reserva financeira e em 15 dias úteis a minha câmera nova chega em casa.

Fico imaginando o quanto minha vida mudou depois deste 1 ano sem compras, pra melhor claro! Aprendi a controlar a ansiedade, encontrar as melhores alternativas e, principalmente, a reconhecer que não preciso comprar, comprar e comprar para viver melhor ou mudar alguma coisa, seja na casa ou emocionalmente falando.

Que Deus NOS abençoe nesta semana com as compras, mas, também, em todos os dias de NOSSAS vidas. Que você também enxergue as mudanças que precisa fazer sem, contudo, gastar (muito) para isso. Mudanças são sempre bem-vindas e Deus abençoa quem age com sabedoria, controlando seus impulsos. Seja feliz! Seja próspero! 😉

 

Aproveitando, cuidado com os sites divulgados pelo Procon, recentemente.  Clique aqui antes de sair às compras no próximo dia 23. 🙂

O que você diria para justificar uma compra por impulso?

Dia 266/365:

“Eu mereço” ou “Estava na promoção” ou ainda “Eu sempre quis uma dessas”… Se você já usou uma destas desculpas ou outras derivadas destas, com certeza, a compra foi por impulso heheh Normalmente, eu usava uma que vinha de um conselho da minha mãezinha “Trabalho tanto, eu mereço” hehehe Mas com o ‘Obrigada, estou apenas olhando’ tudo mudou.

Outro dia, levei umas amigas ao Outlet em Embu das Artes. Não comprei nada (só o lanche para almoçar), foi mais um laboratório heheheh Usei o passeio para fins ‘acadêmicos’ heheh Fiquei observando as mulheres, acompanhadas de seus maridos  ou namorados andando de um lado para o outro, cheias de sacolas e explicações.

Enquanto elas justificavam suas escolhas, eles pareciam cada vez mais sem paciência. Mas, convenhamos, não se leva um marido/namorado/amigo para um lugar como este: cheio de araras, roupas, sapatos, bolsas, objetos que enlouquecem as mulheres e as fazem perder a noção do tempo…

Gastos supérfluos, normalmente, vêm acompanhados de desculpas que a gente dá para nós mesmos, como uma forma de justificar uma compra que, intimamente, você sabe que não precisa, senão não estaria explicando. Pessoas sem dívidas e conscientes com suas finanças não precisariam arrumar desculpas ou justificar. Não precisariam nem dizer: comprei porque eu posso hehehe Forte isso, né?

Era uma emergência: desculpa clássica e que traz uma certa seriedade. Emergências e imprevistos acontecem, claro, com qualquer pessoa. O que não pode fazer é transformar tudo em emergência ou imprevisto para justificar um gasto que pode impactar as suas finanças nos meses seguintes.

Comprei na promoção: outro clássica desculpa. Promoção sempre esconde um perigo: comprar algo que não precisa apenas para aproveitá-la e aplacar o seu desejo de comprar. O que preocupa neste caso, então, não é a peça que você comprou com 50% desconto. Mas, sim, os 50% que você pagou por uma coisa que, possivelmente, não vai usar porque não vai combinar com nada que você tem no seu guarda-roupas.

Todo mundo está comprando: esta me lembra uma justificativa de nossas mães para negar alguma coisa que a gente pedia. “Mas, mãe, todo mundo vai” e elas, sabiamente, respondiam: “Você não é todo mundo”. Vale para aqui também: você não é todo mundo. Quem disse que precisa comprar um carro novo porque seu vizinho chegou na noite anterior em casa com o modelo mais novo da Chevrolet (gosto dos carros da Chevrolet hehehe).

Mudança de hábitos não é uma tarefa fácil. E sempre penso na minha situação. Quando este período acabar, como poderei voltar a ser a mesma pessoa que eu era antes, depois de tanto aprendizado? É um caminho sem volta! Depois de tomada a decisão não há como voltar atrás.

Quando chegar o momento de você decidir, conte para o maior número de pessoas, como estou fazendo agora. Assim, estas pessoas vão te ajudar a se manter firme e perseverante. Como acontece comigo. Vira e mexe alguém me pergunta: “e aí, tá conseguindo?” “não tá comprando nada mesmo? hehehe

Com o ‘Obrigada, estou apenas olhando’ aumentou a minha responsabilidade com relação a este desafio, que vem sendo superado dia a dia…  Obrigada, Senhor, por me ajudar, me amparar, me orientar e me trazer inspiração, todos os dias para escrever… Obrigada, também, a todos que me acompanham e que ainda não se cansaram deste propósito. Falta pouco, só 99 dias… heheh Que Deus continue NOS abençoando e protegendo todos os dias, em todos os momento… 😉

 

 

Acompanhando as amigas (mas nem tanto)

Dia 149/365:

Sábado é dia de encontrar as amigas…. E hoje foi especial, porque a Mara estava com a gente…  Pelo menos uma vez por ano, ela vem ao Brasil (ai, gente que coisa chique, né? – ela mora nos Estados Unidos) e nos reunimos para almoçar. Além de mim e da Mara,  Adriana, Denise e Natacha… Sou a mais moleca: elas sempre reclamam, mas adoram hehehe

E por conta disso você acha que o ‘Obrigada, estou apenas olhando’ tirou folga? Que nada. O propósito é  válido para todos os dias. O único gasto que tive foi com o almoço e o estacionamento (aos sábados, o shopping não abona o estacionamento, uma pena heheh). Ia tomar sorvete, mas como estava com frio, por conta do ar condicionado, resolvi tomar um ‘capuchino’ heheh e a Dê pagou: melhor ainda né, gente…

Durante o almoço, a Dri comentou que queria comprar uma calça, por dois motivos: estava precisando e o preço tava muito bom. Aí, brinquei: ‘me deixa ir junto, preciso acompanhar alguém comprando’ hehehe E ela aceitou a companhia… E também adoro dar palpites nas compras dos outros.

Se você também quer ir às compras, num sábado à tarde, com as amigas, observe algumas coisas que vivemos hoje:

Aproveite as promoções: encontramos uma loja inteira em promoção, com preços realmente atrativos: algumas peças com mais de 50% de desconto.

Experimente sempre! A Dri experimentou todas as peças… A gente sabe que muita gente não tem paciência para experimentar roupas, mas como são peças promocionais, a loja não troca, então, não tem outro jeito, tem que experimentar. E aí, você descobre que mesmo lindo, o vestido pode não servir…

Vendedora atenciosa: quem não gosta de ser bem tratada não é? Mesmo ganhando comissão, algumas vendedoras não são atenciosas e, às vezes, até grosseiras.. Mas esta foi uma querida, procurou opções em tamanhos, mostrou outros modelos, ou seja, a Dri entrou para comprar uma calça e saiu com 3 peças.

Pedir desconto: a Dri não pediu, mas eu perguntei quais as opções de pagamento. Não tinha desconto para pagamento à vista, pois, a loja já estava com preço promocional. Mas a Dri conseguiu parcelar o valor em duas vezes: o que foi um bom negócio, mesmo valor, sem acréscimo e dentro do orçamento dela (isso é importante).

Avaliar o que está comprando para compor com o que tem em casa: neste quesito a Dri foi longe! Pensou até no inverno… As calças que comprou com a bota que tem em casa heheh

Ela fez ótimas compras. E eu? Só fiquei sentada do lado de fora do provador, esperando ela experimentar as roupas para dar pitacos (adoro!) Ah, fiquei segurando as bolsas também.

Se senti vontade de comprar? Confesso que sim, mas resisti bravamente. E por quê? Porque tenho um Deus que cuida de mim e vem, aos poucos, me ajudando a dominar minhas vontades. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim (Gálatas, 2:20).

Que possamos continuar NOS divertindo com encontros que edificam, com amigos que nos fortalecem e nos divertem, com amizades sadias… Que todos possam encontrar amigos fiéis, verdadeiros e que só querem o NOSSO bem. Que Deus NOS permita viver coisas boas… 😉

Aproveite os programas de fidelidade

Dia 71/365:

Milhas, pontos, bônus, sorteios… Não importa a premiação, o “Obrigada, estou apenas olhando, aconselha você a participar, acompanhar e aproveitar os programas de fidelidade.

Lembra do Homem-Desconto? Então, ele é uma pessoa que aproveita todas as oportunidades que tem para acumular pontos, milhas, participa de sorteios, aproveita os descontos que ganha e por aí vai… E é isso mesmo que a gente tem que fazer. Eu não tô podendo por enquanto… heheh Mas você pode e deve fazer isso, principalmente, agora, com a aproximação do Natal.

Os shoppings, as lojas e as regiões centrais das cidades já entraram no clima da data mais importante para o comércio. O Natal abrange um leque muito grande de possibilidades de presentear – desde a boa, simpática e econômica lembrancinha, até eletroeletrônicos, jóias e o que a sua imaginação e o seu bolso permitirem. E já que vamos presentear, porque não aproveitar as compras e reverter em benefícios?

Imagina fazer suas compras de Natal, registrar os cupons e concorrer a um BMW 320i e um Mini Cooper? Eu consigo imaginar… heheh Esta é a promoção do Maxi Shopping Jundiaí.  “Venha viver a magia do Natal Maxi” é o convite que o Maxi está fazendo para o consumidor. Vem gente de toda a região para participar.

A cada R$ 300,00 em compras, você ganha um cupom. Mas a boa notícia é pra quem tem o Programa Maxi Fidelidade: nas compras registradas de 2ª a 5ª feira, são 4 cupons. Tá vendo a vantagem? Mesmo se comprar no fim de semana, espera a segunda para registrar as suas compras heheh

E registrou suas compras você ganha ainda uma linda caixinha de chocolates da Brasil Cacau. Ah, além de linda, as trufas e tabletes que vem dentro são deliciosos… Ixi, mas não sobrou não,  acabou heheh Aproveitar para agradecer o mimo que ganhei das queridas Sílvia Orenga Sandoval, gerente de Marketing do Maxi, e da Sílvia Guerra, assessora de imprensa. Beijos, meninas!

Para aproveitar os programas de fidelidade:

1. Descubra onde é possível acumular pontos: no Maxi Shopping você já sabe que dá. Farmácias, postos de gasolina, lojas, cartão de crédito… e por aí vai. A Farmácia Drogasil, por exemplo, oferece um programa de desconto para clientes Unimed. Vale a pena verificar com o seu plano de saúde, onde você tem desconto na compra de medicamentos;

2. Procure privilegiar as empresas, mas é importante que você acompanhe o acúmulo de pontos e conheça todos os regulamentos para tirar o melhor proveito do programa;

3. Não tenha vergonha de pedir ao atendente que credite seus pontos e nem pedir os descontos, avise que você é um cliente que participa de programa de pontos. Pode até demorar um pouco mais o atendimento, mas vai valer a pena;

4. Além de acumular milhas, bônus ou descontos, você pode trocar os pontos por produtos como passagens aéreas, livros,  produtos eletrônicos… Imagina, você ainda pode economizar na hora de presentear alguém;

5. Outra forma de ganhar pontos, sem gastar nada, é compartilhando com os amigos. Convide-os para participar dos programas e vá acumulando pontos. Não se esqueça de acompanhar os prazos de validade dos pontos que podem expirar se você não resgatá-los.

Estou bastante tranquila com relação ao Natal. Vou presentear sim, sem peso na consciência. Serão mais presentes do tipo ‘lembrancinha’, mas presentear é tão gostoso, né? Ver o sorriso da pessoa, mostrar pra ela que você se importa e se lembrou dela não tem preço que pague. É uma alegria que gosto de proporcionar e tenho certeza de que você também.

Vamos aproveitar então e mostrar para aqueles que amamos o quanto são importantes para nós! Não se esqueça também de fazer uma oração e abençoar esta pessoa, com certeza, o maior dos presentes, e Deus vai se agradar da sua atitude. 😉

 

Links: Maxi Shopping Jundiaí Programa Maxi Fidelidade / Brasil Cacau